Presidente promete fim das emissões de gases de efeito estufa até 2050

Em discurso na Cúpula de Líderes sobre o Clima, o presidente Jair Bolsonaro, se comprometeu a alcançar, até 2050, a neutralidade zero de emissões de gases de efeito estufa no país, antecipando em dez anos a data anterior, prevista no Acordo de Paris.

No evento virtual, organizado pelo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, Bolsonaro também destacou as iniciativas realizadas pelo Brasil para a preservação do meio ambiente, como projetos nas áreas de geração de energia limpa e de desenvolvimento tecnológico na agricultura. De acordo com o presidente, nos últimos 15 anos o Brasil evitou a emissão de mais de 7,8 bilhões de toneladas de carbono na atmosfera.

Observatório do Clima disponibiliza dados de emissões de gases de efeito estufa por municípios

Desmatamento faz com que municípios da região amazônica liderem a emissão de gases do efeito estufa no País

Para os 40 líderes mundiais convidados para participar da Cúpula de Líderes sobre o Clima, Bolsonaro também firmou compromisso para acabar com o desmatamento ilegal até 2030.

Neutralidade zero

A neutralidade zero ou emissões líquidas zero, é alcançada quando todas as emissões de gases do efeito estufa que são causadas pelo homem alcançam o equilíbrio com a remoção desses gases da atmosfera, que acontece restaurando florestas, por exemplo.

Governo vai oferecer apoio para projetos de mobilidade sustentável

Modernização na colheita de cana-de-açúcar no Brasil ajuda a reduzir efeito estufa

Foto: José Cruz/Agência Brasil

Leia mais

Leia também