Presidente Kennedy terá mais 3 mil testes para enfrentar pandemia de Covid-19

Prefeito Dorlei Fontana culpa demora dos municípios vizinhos por expansão da covid no litoral sul

Mais 3 mil testes para detectar a contaminação pelo novo coronavírus foram comprados pela Prefeitura de Presidente Kennedy, no Sul do Estado, para enfrentar a pandemia da Covid-19, que fez a nona vítima esta semana no município: uma pessoa do sexo masculino, que tinha 44 anos e tinha comorbidade, segundo o secretário Jairo Fricks. A vítima era moradora da sede. O índice de letalidade é de 2% dos casos confirmados.

Assim que detectou o primeiro caso, em março, foram comprados 2 mil testes, que começaram a ser usados imediatamente, com prioridade para o pessoal que atual na linha de frente – servidores da saúde, da segurança pública e dos transportes. Com isso, o município acabou por mostrar números absolutos altos, já tendo confirmado o contágio de quase 4% da população de 11.574 pessoas.

O prefeito Dorlei Fontão (PSD), também conhecido como Dorlei da Saúde, responsabiliza os municípios vizinhos de Marataízes e Itapemirim de terem demorado a agir para enfrentar a doença, com isso comprometendo Presidente Kennedy, pois têm território contíguo. “Servidores da saúde nossos trabalham também nos municípios vizinhos, onde o vírus chegou por meio de vendedores de abacaxi”, disse Dorlei.
Mas, se o número absoluto de resultados positivos para o novo coronavírus aumentou 24,2% em uma semana, a estratégia de enfrentamento à pandemia parece estar dando certo, pois aumentou em 41% o número de pessoas curadas no mesmo período. Assim que chegarem os 3 mil testes, a intenção é testar pelo menos 15% da população de 12 comunidades.

OS NÚMEROS

O último boletim da Secretaria de Saúde, divulgado na sexta(dia 10), dá conta de 729 notificações já feitas, entre confirmados, em investigação e negativos; 122 casos estão em investigação, sendo uma pessoa de outro Estado; 446 foram confirmados com o vírus, dos quais nove estão internados em UTI e quatro em enfermarias (38 dessas confirmações são de cidadãos de outros municípios/Estados); 161 foram testados negativos (sendo 17 de outros municípios). Das 38 pessoas confirmadas com o coronavirus oriundas de outras localidades, 36 se curaram e duas morreram.

Do dia 2 ao dia 10 de julho, segundo os boletins oficiais divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde, o número de pessoas testadas positivo subiu de 359 para 446, o que representa 3,84% da população estimada pelo IBGE em 11.574 moradores.

O número de curados em 2 de julho era de 224 pessoas. Mais 92 foram diagnosticadas como curadas em uma semana, totalizando, agora, 316 pessoas, índice de 70,8% de cura, contra 60% da média nacional.
“Implementamos a barreira itinerante, visitando casa por casa e tratando precocemente sempre que possível, mesmo que a prefeitura ainda não esteja com a medicação para distribuir. Creio que quando a medicação chegar, vamos lograr êxito ainda maior. Nossa filosofia é de que não podemos esperar o paciente piorar. Por isso, estamos indo de casa em casa, verificando a temperatura e quaisquer outros sintomas”, explicou o diretor clínico do hospital da cidade, o médico Marcus Sobreira, 69 anos.

Sobreira alerta, entretanto, que ainda é muito cedo para comemorar esse avanço e que não pode haver descuido. “A gente fica feliz pelo número de recuperados, mas estamos longe de vencer o problema. Já fizemos 2 mil testes desde que os casos começaram e a prefeitura comprou mais 3 mil testes, que ainda não chegaram. Queremos testar mais e identificar precocemente o vírus e isolar as pessoas para evitar a propagação. Vamos ver para onde o corona está se deslocando e enfrentá-lo”, disse o médico.

FISCALIZAÇÃO

O diretor clínico do hospital elogiou o empenho do poder público no enfrentamento da pandemia: “O secretário está comandando bem a pasta da saúde, e tem o apoio de outros setores, mobilizados pelo para dar suporte ao enfrentamento do vírus. Associado à busca ativa por quem pode estar contaminado, há um trabalho constante de higienização dos lugares públicos e aumentamos a fiscalização do uso de máscaras e de funcionamento do comércio seguindo a protocolos”.

O médico Marcus Sobreira elogiou a estratégia do município no enfrentamento da covid

Sobreira disse que os testes iniciais não são muito confiáveis, podem dar falso negativo, mas que são um auxílio importante do trabalho preventivo. “Apesar de não confiarmos 100% nos testes, estamos procurando dar o atendimento preventivo e a barreira itinerante, pode sim, estar fazendo a diferença. Quanto mais procura, quanto mais testa, mais casos tem, mas isso é fundamental para iniciar o tratamento o mais cedo possível. O que podemos fazer está sendo feito”, disse Sobreira.

Uma vez encontrados sintomas da covid, com teste ou sem teste, o protocolo em Presidente Kennedy é o isolamento social e o acompanhamento diário não apenas da pessoa, mas de quem teve contato com ela.

Preventivamente, Marcus Sobreira recomenda o uso de doses otimizadas de Zinco e Vitamina D, além de ivermectina e, em caso de sintomas, de azitromicina. O município dispõe também da hidroxicloroquina, mas seu uso é decidido pelo médico que acompanha o paciente testado positivo e sintomático.

“Não se sabe ao certo como prevenir o vírus, mas o que se tem observado, na prática, é que pessoas com bons hábitos nutricionais, que se hidratam bem, fazem atividades físicas, estas têm o sistema imune fortalecido. O Zinco e a Vitamina D ajudam nisso e parece que de alguma maneira o organismo fica mais protegido.

E quanto à ivermectina estamos partindo da experiência da OMS no Norte da África para combater a filariose (uma das causas da elefantíase). E nesses países a incidência da Covid-19 é muito baixa. Parece que há um efeito do medicamento contra o vírus e os efeitos colaterais praticamente inexistem”, disse o médico.

ÁFRICA

Numa busca no site da BBC de Londres, os números da Covid-19 no Continente Africano, conforme acompanhamento feito duas vezes por dia pela Universidade Johns Hopkins (Baltimore, EUA), comprovam o que diz o diretor clínico do hospital de Presidente Kennedy, pelo menos em relação a números. A Etiópia, por exemplo, com 110 milhões de habitantes, tem apenas 7.120 casos e 124 mortes. O índice de mortalidade, conforme o gráfico, é de 0,1.

O primeiro caso no Continente foi verificado dia 24 de janeiro de 2020, na África do Sul, que lidera de forma absoluta o continente com mais de 250 mil casos, dos 320 mil de todo os demais países africanos. Outro dado que chama a atenção é o índice de letalidade, que na África do Sul é de 6,7, enquanto nos países mais pobres são baixíssimos; alguns, zero.
Uganda (35 milhões de habitantes – 1006 casos), Eritreia (5 milhões de habitantes – 232 casos) e Seicheles, este com pouco mais de 96 mil habitantes e apenas 100 casos, não têm um único óbito.

Leia mais

Espírito Santo chega a 2.735 mortes e 77.476 curados em 91.791 casos de Coronavírus

O Espírito Santo registrou, até este domingo (9), 2.735 mortes por Covid-19. O número de casos confirmados chegou a 91.791. O índice de letalidade...

Vídeo mostra vespa assassina matando rato em menos de um minuto

Ferocidade do inseto assusta: matou o roedor muito maior que ele e saiu da luta sem nenhum arranhão A vespa assassina que pode atingir até...

Homem não consegue matar a esposa a facão, ateia fogo no corpo e morre queimado em Água Doce do Norte

Aconteceu na manhã deste domingo, 24/05/2020, por volta das 4h00min, um fato muito triste na comunidade do Barra Mansa, localizado a 4,5km do distrito...

Governo do Espírito Santo realiza leilão on-line com veículos a partir de R$ 900

Os interessados na compra de veículos ou sucatas com preços acessíveis ainda podem participar do leilão...

Leia também

Governo lança Estratégia de Desenvolvimento para o país até 2031

Em todos os eixos, a diretriz principal é elevar a renda e a qualidade de vida da população brasileira com redução das desigualdades sociais e...

MEC e FNDE promovem evento para esclarecer gestores sobre uso do recurso emergencial do PDDE

O Ministério da Educação (MEC) e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) promoveram, nesta segunda-feira (26), um webinar para esclarecer a melhor...

Projeto de Lei suspende prazo para prestação de contas em iniciativas da educação básica

Um Projeto de Lei em tramitação na Câmara dos Deputados pretende suspender, durante o estado de calamidade pública por causa da Covid-19, a prestação...

Presidente do Congresso prorroga Casa Verde Amarela por mais 60 dias

O presidente do Congresso Nacional, senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), prorrogou por mais 60 dias a medida provisória que cria o programa habitacional Casa Verde...