Presidente Kennedy dá exemplo no controle de Covid-19 com 92% de cura

Enquanto o índice nacional é de 80,8%, o município capixaba de Presidente Kennedy dá exemplo no enfrentamento da pandemia de Covid-19 e alcança 92% de casos positivos recuperados. Esse índice é maior mesmo do que a média do Espírito Santo, de 90,9%, apesar de o município ter sido muito afetado pelo descontrole havido no início da pandemia em Marataízes, que é território contíguo ao seu, no litoral Sul.

“Fizemos o dever de casa. Seguimos as recomendações do Estado, da SESA. E trabalhando com todos os meios de comunicação, barreiras informativas, barreiras sanitárias, barreiras Itinerante, saúde nas comunidades. Não poupamos esforços e nem recuros para ter equipes suficientes e qualificadas na estratégia da família. Sequindo os decretos, protocolos e critérios de comprovada eficácia Montamos equipes de monitoramento da Covid-19, obrigamos ao uso de máscaras, asseguramos EPIs suficientes e adequados para nosso pesosal”, disse o secretário municipal de saúde, Jairo Fricks.

Apesar de o município não ter, formalmente, um hospital, o Pronto Atendimento Municipal funciona 24 horas e tem quatro leitos com respiradores, “praticamente uma UTI”, segundo as autoridades municipais. Isto foi suficiente para evitar uma tragédia quando a doença explodiu no município, impulsionada pelo contato com Marataízes.

No início, quando o Estado não tinha noção de até onde iria a doença, o município de Presidente Kennedy assustou com seus números de casos ultrapassando a 1% da população, índice logo justificado pela gestão municipal com o fato de que a administração agiu rápido e fez testagem em massa da população. Nessa altura, Presidente Kennedy tem índice equivalente a praticamente 8% de sua população atestada positiva para a Covid-19, porém, o índice de letalidade ficou abaixo de 2,5% dos casos – 19 óbitos para 782 casos confirmados em 1391 notificações, com 566 negativos.

A proximidade com o Estado do Rio de Janeiro e a grande circulação de pessoas das cidades do Norte fluminense foram um desafio grande no início, mas logo estabeleceu-se o controle com as barreiras sanitárias e as equipes indo a todas as comunidades, de casa em casa, monitorando praticamente toda a população de pouco mais de 11 mil habitantes.

Dos casos confirmados, 47 são de outros Estados/Municípios, o equivalente a 6,5% dos positivos. Dos 720 recuperados, há 44 de outros Estados/Municípios. Atualmente, Presidente Kennedy tem 43 casos em investigação, sendo dois de outros lugares. Há um paciente em UTI e um em enfermaria.
“Na verdade, a Prefeitura e a Secretaria Municipal de Saúde realizaram um trabalho exemplo. Trabalhamos muito, com ajuda de todos os servidores e apoio da Guarda Municipal, que nos deu cobertura em todo o trabalho para garantir sua eficácia”, disse o secretário.

Hoje, Presidente Kennedy está listado há um bom tempo no mapa de risco baixo de contaminação pela Covid e muito disso se deve ao controle rápido da doença por meio do teste PCR padrão ouro, que dá resultados em 40 minutos.


Leia mais

Leia também