Presidente da Câmara de Nova Venécia quer fazer mandato coletivo

O presidente da Câmara de Vereadores de Nova Venécia, Delei da Borracharia (Solidariedade) assumiu o mandato no último dia 01, e desde então, iniciou os trabalhos no legislativo, em busca de um mandato coletivo. “Quero trabalhar junto com os 13 vereadores. Faremos um mandato com melhorias para o coletivo. A participação da população no legislativo é outro setor que precisamos atuar. Vamos trabalhar com o povo”, explica.

Argumentando que vai legislar cumprindo o que vem disciplinada na Lei Orgânica do Município, no Regimento Interno da Câmara de Vereadores e na Constituição Federal, Delei chega ao seu primeiro mandato como vereador trazendo a vontade de trabalhar, é o que revela. “Sou de uma família de gente simples, porém, honesta, humilde e tenho muita dedicação em tudo que faço. É um momento de alegria e de responsabilidade, estamos lidando com dinheiro público, por isso, quero ter transparência em todos os meus atos. Fui eleito pela população, e vou honrar cada morador dessa cidade aqui na Câmara”, fala.

Entre as novas idéias que pretende implantar no Legislativo, Delei prefere não divulgar no momento, pois vem estudando novas demandas, para que sejam feitas, amparadas por leis. “Quero dar condições à população de participar e entender tudo que é feito aqui dentro, pretendo trabalhar junto com o povo, as demandas deles, serão as minhas. Mas estamos em fase de estudos, vamos aguardar para divulgar”, relata.

Ainda, sobre a pandemia do novo coronavírus, Delei alerta a população que quem for à Câmara Municipal, que utilize os meios de prevenção da doença, inclusive, o uso de máscara, item obrigatório ao entrar no ambiente Legislativo. “O mundo vive um momento delicado, pedimos a compreensão de todos, é importante que cada cidadão faça sua parte”, relata.

O presidente da Câmara aproveita para agradecer a sua mãe, a dona Diana Bastos Gonçalves, que faleceu aos 90 anos, nesta última segunda-feira (11). “É um momento difícil, perder a mãe é ter um vazio eterno. Quero dizer que sem ela eu não seria nada e ninguém. Meus eternos agradecimentos, mãe!”, finaliza.

Fonte: Jhon Martins / redenoticiaes

Leia mais

Leia também