Prefeitura de Nova Venécia orienta população no combate ao Aedes aegypti

A prefeitura de Nova Venécia, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, está orientando a população sobre os cuidados contra o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika.

Durante o período de 28 de fevereiro e 06 de março, a Secretaria registrou quatro casos suspeitos de dengue nos bairros Margareth (duas notificações), Dom José Dalvit (uma notificação) e no distrito de Guararema, interior do município (uma notificação).

Para eliminar qualquer possibilidade de criadouros, cada morador deve, também, intensificar o dever de casa. “Vivemos dias de preocupação com a segunda onda da Covid-19, mas não podemos fechar os olhos para outro grave problema de saúde pública que bate a nossa porta: a dengue”, disse Juliano Bettim Motta, secretário de Saúde de Nova Venécia.

É importante que a população procure atendimento médico ao aparecer sintomas como febre alta, dor de cabeça, dor no fundo dos olhos, dores musculares, manchas vermelhas na pele, cansaço e indisposição, pois pode haver a suspeita de dengue ou de outra arbovirose (Zika Vírus ou Chikungunya). O caso será notificado e as ações para quebrar o ciclo de transmissão serão desencadeadas oportunamente.

Dicas de combate ao Aedes aegypti

O combate ao Aedes aegypti depende de todos nós. Segue algumas dicas:

• Verifique se as calhas e/ou canaletas estão com escoamentos adequados de forma a não acumularem água parada;
• As piscinas devem receber tratamentos com os produtos usuais mesmo que não estejam sendo utilizadas;
• Pratos de plantas devem ser furados para não acumularem água;
• Reservatórios de água precisam estar bem vedados de forma a impedir o acesso de mosquitos;
• Os bebedouros de consumo animal têm que ser lavados, no mínimo, duas vezes por semana;
• Brinquedos, latas, potes e outros recipientes úteis devem ser armazenados em local coberto para não acumularem água da chuva;
• Vasos sanitários com pouco uso também são recipientes utilizados pela fêmea do Aedes aegypti para depositar os seus ovos, por isso acionar a descarga, no mínimo, duas vezes por semana impedirá que nasçam mosquitos.

 


Leia mais

Leia também