Pinheiros confirma nove casos de variante com mutação semelhante à do Reino Unido

A prefeitura de Pinheiros confirmou, na noite desta terça-feira (23), que uma variante da Covid-19 foi detectada em nove pacientes no município, de acordo com relatório divulgado pelo Laboratório Central do Estado (LACEN).

Ela consiste em uma mutação do vírus detectada no Reino Unido, e foi isolada em pacientes notificados no município através da coleta de swab nasal nos meses de janeiro, fevereiro e março de 2021.

A variante foi detectada pela primeira vez no estado do Espírito Santo entre os meses de novembro e dezembro do ano passado.

Variante também foi encontrada em Barra de São Francisco, veja aqui

Entre os nove pacientes de Pinheiros, a maioria cinco residem no distrito de São João do Sobrado e os demais na sede. No geral, são indivíduos jovens, sendo duas crianças menores de cinco anos, um adolescente, e os demais são adultos jovens, com idade máxima de 55 anos. São quase todos do sexo feminino e não apresentam comorbidades. “Essa é uma quantidade mínima de pessoas que foram avaliadas e acredita-se que haja muito mais pessoas infectadas por essa nova variante no município”, disse a prefeitura em uma nota divulgada em uma rede social.

“Tal fato pode ter ocorrido devido ao período do ano no qual doenças respiratórias são mais comuns e ao relaxamento de medidas de distanciamento social, resistência da população quanto ao uso de máscaras, interações sociais recorrentes e negação do risco da doença. Diante desse quadro alarmante, frisa-se a importância de se cumprir as medidas sanitárias orientadas pela Secretaria Municipal de Saúde, pois tal variante apresenta maior letalidade (61%), acomete uma população mais jovem e possui carga viral elevada” continua a nota.

Um dado preocupante consiste em que as notificações por Covid-19 deram um salto entre fevereiro e março. No segundo mês do ano, foram notificados 416 casos, entre os quais 150 testaram positivos. Já neste mês, foram notificados, até o momento, 1.175 casos, entre os quais 419 foram confirmados. Até então, o pior mês da pandemia em Pinheiros havia sido agosto do ano passado,com 256 casos positivos.

“O serviço de saúde municipal vem testando todos os pacientes notificados para Covid-19 com testes rápidos de antígeno (swab) e de anticorpo (sorologia), o que vem aumentando a procura pelos atendimentos por parte da população”, finaliza a nota da prefeitura.

Leia mais

Leia também