Enivaldo dos Anjos cria centro de acolhimento a suspeitos de Covid em Barra de São Francisco

Com o objetivo de isolar da família as pessoas que forem diagnosticas com o coronavirus e, assim, tentar frear sua disseminação, o prefeito Enivaldo dos Anjos (PSD) anunciou a implantação emergencial de uma unidade de atendimento a pacientes com suspeita de Covid19.

Segundo o vice-prefeito e secretário municipal de Saúde, Gustavo Lacerda, a unidade emergencial será instalada no prédio da antiga Uniube, no bairro Nova Barra (antiga Vaquejada).

O prefeito anunciou que ainda hoje será enviado um projeto de lei à Câmara pedindo autorização para a implantação do centro, que levará o nome da professora Elita Coimbra, falecida esta semana em São Mateus, vítima da Covid-19. Elita era natural de Barra de São Francisco, onde é muito conhecida.

Dos Anjos esclarece ainda que o projeto enviado ao Legislativo pedirá autorização para adquirir equipamentos específicos, móveis, alimentos a até contratação de profissionais de saúde.

“A ideia é fazermos um isolamento dos pacientes com Covid-19 lá no prédio, de forma que eles possam cumprir a quarentena, de 14 dias, sem precisar ir para casa, evitando assim, colocar em risco os demais familiares”, explica o prefeito.

Enivaldo salienta que, no mesmo projeto ou em outro específico, vai pedir autorização para a compra de medicamentos a serem usados na mitigação dos efeitos da Covid-19, desde que tiverem prescrição médica, fazendo assim um tratamento precoce contra as fases mais graves da doença.

Leia mais

Leia também