Prefeito de Conceição da Barra renuncia um mês antes de fim do mandato

Chicão: “Está na hora de guardar a vida política dentro de um armário”

O prefeito de Conceição da Barra, Francisco Vervloet, o Chicão (PSB) renunciou ao cargo um mês antes do fim do mandato. A renúncia foi protocolada na Câmara nesta segunda (30). O vice Jonias Dionísio Santos, o Dionísio de Braço do Rio (Pros) assume o município.

Segundo Dionísio, o prefeito disse que se afastou para resolver problemas pessoais. Chicão foi candidato à reeleição no município mas perdeu nas urnas. Ficou apenas em terceiro com pouco mais de 21% dos votos. O vencedor do pleito foi Walyson José Santos, conhecido como “Mateuzinho do Povão” (PTB), que teve 46,37%.

Por meio das redes sociais, Chicão justificou sua saída: “Deixo antes de finalizar meu mandato porque ele já havia sido tristemente interrompido, e também porque tenho assuntos pessoais, aos quais não posso mais deixar de lado, que urgem pela minha presença neste mês de Dezembro/2020, compromissos na minha vida particular que sempre deixei de lado pelo município”, escreveu.

Disse também, em um longo texto, que “está na hora de guardar a vida política dentro de um armário. Está na hora de voltar à ser o Francisco. Está na hora de voltar a viver. As vezes, é preciso saber renunciar, não ouvir, nem contemporizar. Sair pela porta da frente, pedir silêncio, paz e sossego, sem dor, sem tristeza e sem medo de seguir em busca da vitória”.

Dionísio de Braço do Rio vai comandar a cidade durante todo o mês de dezembro e disse que a intenção é facilitar o processo de transição. O prefeito eleito Mateuzinho é o atual presidente da Câmara de Vereadores do município.

Informações: Folha Vitória

Leia mais

Leia também