Preço da proteína animal registra alta em São Paulo

O preço médio do boi gordo acumula alta de 5,3% no último mês em São Paulo. As informações são da Secretaria de Agricultura e Abastecimento de São Paulo. Segundo o órgão, os preços estão em alta porque a demanda pela carne brasileira está aquecida no mercado internacional, no caso dos bovinos. 

As cotações de frango vivo e os preços médios de suínos vivos também tiveram alta. A crescente no preço do frango é creditada à menor produção e a maior demanda no mercado interno, além de medidas de ajuste na produção por parte da indústria e dos produtores no primeiro semestre do ano. Já a alta no preço dos suínos, que foi de 4,9%, era esperada. Isso porque, com a chegada do inverno há aumento no consumo interno da proteína. 

Portaria define medidas de prevenção da Covid-19 em frigoríficos e indústrias de laticínios

Pequenas agroindústrias do Paraná comemoram acesso a meio milhão de consumidores

As informações se referem ao período entre 4 e 18 de julho e são parte de um relatório do Grupo Técnico de Monitoramento do Abastecimento de Produtos Agropecuários no Estado de São Paulo, liderado pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento.   

Leia mais

Leia também