“Precisamos aproximar os serviços públicos dos cidadãos”, diz Gleyciaria

» Gleyciaria Bergamim Araújo, tem como vice em sua chapa, o produtor rural, feirante e sócio-proprietário da empresa Fruta Mel, Nelson Cordeiro

A Rede Notícia dá sequência à sua série de entrevistas com os candidatos à Prefeitura de Nova Venécia.

E a segunda entrevistada é a professora e atual vereadora, Gleyciaria Bergamim Araújo, do Democratas, que tem como vice em sua chapa, o produtor rural, feirante e sócio-proprietário da empresa Fruta Mel, Nelson Cordeiro.

Durante a entrevista, a candidata falou sobre como ingressou na política, o que a incentivou se candidatar em Nova Venécia, suas principais propostas, caso eleita, as principais necessidades encontradas durante sua campanha, como tem sido viver o processo eleitoral e como está sendo vivê-lo durante uma pandemia.

Como você ingressou na política?
“Ingressei na política em 2008, por incentivo da família e amigos”.

O que te incentivou a se candidatar a prefeita de Nova Venécia?
“A vida pública trouxe-me um grande amadurecimento. Amo minha cidade, quero vê-la crescer e prosperar, a política faz parte de nossas vidas e se desejarmos mudanças de fato precisamos arregaçar as mangas e trabalhar”.

Quais são suas principais propostas para o município?
“Precisamos aproximar os serviços públicos dos cidadãos, desse modo, nossa gestão irá implantar nos distritos do Patrimônio do XV e Guararema as Subprefeituras, que amparadas pela Lei Orgânica do Município, poderão ser implementadas com o Administrador Distrital e os Conselheiros Distritais. Criaremos o Gabinete Móvel que irá interligar as ações entre subprefeituras, prefeitura, poder executivo e população.
Os conselhos municipais serão reestruturados garantindo a participação majoritária da sociedade civil, permitindo que cidadão veneciano tenha voz ativa nas decisões tomadas no município.
O ano de 2021 será o ano das consequências e escolhas, pós Covid-19. Sofreremos com as decisões tomadas em gabinetes sem a participação popular, nossas escolhas e ações precisarão ser pontuais. Na saúde, vamos debater com nossos médicos o melhor caminho a ser seguido. Temos profissionais da saúde que diante a pandemia foram excepcionais em suas decisões e prescrições do que seria melhor aos usuários, tais profissionais serão essenciais nos caminhos a serem seguidos. As cirurgias eletivas serão priorizadas em nossa gestão, precisamos reduzir o número de usuários nas estradas em busca de tratamentos. Cirurgias vasculares (varizes), oftalmológica (catarata, pterígio) e otorrinolaringologista (adenoide, amídalas, desvio de septo), podem ser feitas em nosso município, sendo custeadas com a economia na extinção dos números de cargos comissionados.
O Conselho Nacional de Educação estendeu até o fim de 2021 a permissão de atividades remotas. Nossas escolas não tem estrutura para o retorno das aulas presenciais. A educação do município precisará ser repaginada. Considerando que nem todos os alunos da rede tem acesso as tecnologias, precisamos dar infraestrutura tecnológica em nosso município. Além de garantir aos profissionais da educação toda estrutura para que possam atuar e se adequar à nova realidade educacional.
Os servidores municipais são o alicerce fundamental da administração, e serão valorizados, com a contratação de uma empresa especializada garantiremos a atualização do estatuto e planos de cargos e salários, bem como ao magistério.
Garantiremos o desenvolvimento e renda no município através de leis e projetos que facilitem e garantam a instalação de novas empresas e a valorização das existentes que já movimentam nossa economia.
Em parceria com a polícia civil e militar buscaremos fortalecer a segurança na cidade e no campo. O homem do campo padece pela falta de segurança o que se agrava nos períodos de colheita, os furtos de maquinários agrícolas se tornaram um hábito. Implantaremos a central de monitoramento 24 horas na Defesa Civil em parceria com o comércio local, interligando as câmeras de segurança.
Implantaremos na Secretaria de Agricultura o Laboratório de Pesquisa e Análise de Solo, onde os produtores poderão ser atendidos por profissionais especializados com orientações e apoio técnico garantindo maior produtividade e lucratividade em sua propriedade. A Lei “Programa Porteira Adentro” será aplicada, garantido a igualdade de atendimentos no município. O hortomercado será restruturado garantindo o espaço de comercialização da produção agrícola, assim como ampliar a feira livre e desburocratizar o recebimento do vale feira.
O turismo, a cultura e o esporte, irão fomentar a geração de renda no município através de festivais, eventos culturais e esportivos. A casa de Pedra será referência para as mostrais culturais, o Casarão terá sua história resgatada, assim como todo seu glamour através da roda d´água”.

Como tem sido andar pelo município para identificar suas necessidades? Você está em seu segundo mandato na Câmara de Vereadores. O que esses oito anos contribuíram em seu aprendizado na vida política e na decisão de se candidatar à prefeitura de Nova Venécia?
“Nossa caminhada não começou agora, sabemos das necessidades do município, elas apenas se renovam a cada dia. É importante a população ter uma definição clara e saber diferenciar as atribuições do Executivo e Legislativo. Enquanto legisladora, fiscalizei, apresentei propostas e projetos de leis que puderam melhorar a vida das pessoas e possibilitar o desenvolvimento de nosso município. A exemplo disso, o projeto que garantiu o livre comércio e instalação de novos postos de combustível em nossa cidade, possibilitando a concorrência nos preços, outro que merece destaque foi a instalação de rádio base e telefonia móvel, garantindo a chegada de novas empresas de telefonia, dentre outros. Sou idealizadora do Fórum Municipal de Políticas Públicas em Defesa dos Direitos das Mulheres.
Com dois mandatos de vereadora, fui a única mulher no município a ter conquistado essa oportunidade de dar sequência a um trabalho reconhecido pelo povo veneciano. Fui eleita por duas vezes para o cargo de Corregedora da Câmara Municipal, fui classificada, por duas vezes, em 1º lugar na avaliação do Grupo de Inteligência Municipal, o GIM, como a vereadora mais atuante em Nova Venécia.
Estabeleço metas em minha vida, e dedicar-me a minha cidade e a vida das pessoas hoje é meu foco. Me sinto preparada para candidatar-me a prefeita e em parceria com todas pessoas de bem que escolheram nossa terra para viver e prosperar tenho convicção que podemos fazer de nossa cidade um lugar cada vez melhor”.

Como está sendo viver um período eleitoral em meio a uma pandemia? Como você acha que isso contribuirá na escolha do próximo chefe do Executivo?

“Precisamos ter cautela, os dados não estão sendo divulgados com tanta ênfase como acontecia antes do período eleitoral, os números de casos do Covid-19 continuam elevados. O corpo a corpo entre candidatos e o eleitor sempre foi o marco nas campanhas eleitorais, no entanto, a pandemia trouxe novos rumos a campanha com o uso cada vez mais intenso das redes sociais como meio de comunicação.
Apesar de todas a orientações quanto ao distanciamento e aglomerações após o último debate vimos nas ruas uma aglomeração desenfreada que precisa ser analisada pelos órgãos competentes. A população tem a capacidade de analisar as propostas e o potencial de cada candidato, afinal todos nós temos uma história”.

Deixe uma mensagem para a população de Nova Venécia.
“Nossa proposta de governo foi feita por várias mãos, e assim continuará sendo com a implementação de uma gestão de fato participativa, desse modo, nossa coligação foi feita com a população veneciana, não com siglas partidárias.
Gostaria que a família veneciana acompanhasse nas redes sociais nossas propostas de trabalho, bem como aos próximos debates. Estes, serão decisivos na escolha de quem de fato tem possibilidades de atuar frente ao executivo com seriedade, competência e dinamismo, diante todos os desafios que surgirão como consequências da pandemia.
Minha vida foi dedicada a meu município, muitos foram os desafios, e hoje, aos 45 anos, após uma trajetória profissional e política pautada na ética e compromisso público, tenho convicção de que estou preparada para buscar meu espaço frente ao Executivo Municipal e continuar servindo ao povo veneciano. Por isso peço o apoio e voto de cada família veneciana, que ama nossa cidade que possamos caminhar juntos com o propósito de construirmos uma nova historia em nossa amada cidade”.

Fonte: Jhon Martins / redenoticiaes

Leia mais

Governo disponibiliza mais dois canais para consulta do Auxílio Emergencial

Quem teve o benefício negado, poderá fazer novo pedido junto à Caixa e corrigir ou contestar os dados ...

Após 30 anos juntos, aumentam rumores sobre a separação de Bruno e Marrone

Após um desentendimento durante a última live realizada...

Estados e municípios recebem a nona parcela do Programa Nacional de Alimentação Escolar

Estados, municípios e o Distrito Federal receberam em outubro a nona parcela do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), do Fundo Nacional de Desenvolvimento...

Leia também

Acusado de roubo com mandado de prisão em aberto é preso em Barra de São Francisco

Um homem de 18 anos com mandado de prisão preventiva em aberto foi preso, na noite dessa terça-feira (24), pela equipe da 14ª Delegacia...

Família de Conceição da Barra morre após veículo cair dentro de rio em Minas Gerais

Nessa terça-feira (24), por volta das 14h15, 4 pessoas da mesma família voltavam para o distrito de Braço do Rio, Município de Conceição da...