Prazos de resposta a pedidos de acesso à informação não serão afetados no Estado

Os pedidos de acesso à informação realizados ao Governo do Estado durante a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) serão respondidos normalmente, dentro dos prazos previstos na Lei de Acesso à Informação (LAI). A Rede de Ouvidoria está preparada para manter o atendimento, por meio do trabalho remoto e presencial.

O Governo Federal chegou a publicar, na última segunda-feira (23), a Medida Provisória 928, suspendendo os  prazos de resposta a pedidos de informação para órgãos cujos servidores estivessem em regime de teletrabalho, em quarentena e que dependessem de acesso presencial para resposta, ou que necessitassem de agentes ou setores que estejam diretamente envolvidos no combate à Covid-19. A referida MP teve seus efeitos suspensos pelo Supremo Tribunal Federal (STF) nesta quinta-feira (26).

“O Governo do Estado do Espírito Santo reafirma o respeito à Lei de Acesso à Informação e acredita que, em momentos de calamidade, é necessário redobrar o papel da transparência das compras públicas, a fim de permitir o acompanhamento da população, da mídia e dos órgãos de controle”, observa o secretário de  Estado de Controle e Transparência, Edmar Camata.

O secretário ressalta que, para garantir o controle social, o Governo do Estado inseriu no Projeto de Lei Complementar nº 17/ 2020 – que dispõe sobre procedimentos adotados no período de calamidade de saúde no Estado  – previsão específica de transparência para as compras emergenciais. O projeto foi enviado à Assembleia Legislativa e deverá entrar em votação nesta sexta-feira (27).

Para realizar o atendimento ao cidadão com segurança, a Rede de Ouvidoria do Estado suspendeu apenas os atendimentos presenciais à população. Durante o período de emergência em saúde, as manifestações estão sendo recebidas por meio do site www.ouvidoria.es.gov.br;  pelo e-mail ouvidoria@es.gov.br; e pelo telefone 0800 022 11 17.  

 

Leia mais

Estados e municípios recebem auxílio de mais de R$ 15 bilhões

A lei que criou o auxílio prevê a transferência total de R$ 60,15 bilhões. Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil O Banco do Brasil...

Polícia prende dois suspeitos de furtar 22 cabeças de gado em Montanha, no Norte do Estado

Dois suspeitos de furtarem 22 cabeças de gado em Montanha, no Norte do Estado, foram presos pela Polícia Civil do município. Os detidos, de...

Ministério da Infraestrutura trabalha para evitar desabastecimento durante pandemia

O balanço do primeiro semestre de 2020 representa cerca de R$ 3,5 bilhões realizados em obras, como a...

Sedu debate estratégias de combate à evasão e ao abandono escolar em live nesta sexta, 3

A Secretaria da Educação (Sedu), junto ao Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e à União dos Dirigentes Municipais do Espírito Santo (Undime), promove, nesta...

Leia também

Ministério Público Eleitoral vai investigar vice-prefeito de Água Doce do Norte

O Ministério Público do Espírito Santo (MP-ES) instaurou procedimento investigatório para apurar o caso do vice-prefeito de Água Doce do Norte, Jacy Donato (PV),...

Aulas presenciais na rede municipal em Barra de São Francisco só em 2021

A Secretaria Municipal de Educação de Barra de São Francisco irá publicar nova portaria parâmetros para aulas na rede municipal devido a pandemia do...

Vacinação contra sarampo para público de 20 a 49 anos vai até dia 31 de agosto

Em meio à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), o Brasil tem registrado também um aumento de casos de sarampo em seu território no primeiro semestre deste...

TSE exclui biometria das eleições 2020

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, decidiu excluir a necessidade de identificação biométrica, por meio de impressão digital, nas eleições...