Prateleira Solidária para ajudar quem não pode comprar alimentos

» Alimentos e diversos produtos estão disponíveis em prateleiras, é só chegar e pegar o que necessitar

A época está difícil, mas tem muita gente mostrando que se interessa pelo bem-estar do outro, pela falta de comida na mesa. Mostrando que não adianta apenas opinar, os aposentados, Maria Cibele de Rezende Machado e Mário Lúcio Machado, estão dando um show de amor ao próximo. O casal montou, em frente ao Cartório Eleitoral, a Prateleira Solidária, contendo alimentos, produtos de limpeza, roupa de cama, edredom e ainda brinquedos. Ali, quem pode, doa, quem necessita, leva o produto para casa.

O projeto, que iniciou há uns 20 dias, partiu da ideia do casal, que vendo o atual momento de pandemia do novo coronavírus e as dificuldades enfrentadas economicamente pela população, escolheu agir em benefício de muita gente que pode estar sem nada para comer em casa. “Sou muito cristã, e Deus tocou em meu coração, vi que eu precisava ajudar de alguma forma. Veio essa ideia, e meu marido e eu a colocamos em prática. Gente que nada tem em casa, passa ali e leva o que precisa, isso é gratificante”, diz Cibele.

De acordo com a aposentada, a iniciativa funciona em sistema de confiança, ninguém fica no local responsável pelos produtos. “Peço a quem puder que faça a doação. Famílias estão em necessidade, crianças podem estar em casa sem nada para comer. Cada um doando um pouco, podemos abastecer os armários de muitos lares”, explica.

» Maria Cibele de Rezende Machado e Mário Lúcio Machado são idealizadores do projeto

As doações podem ser deixadas no local, de preferência em sacola transparente, ou com uma tarja, identificando o que tem dentro dela. De acordo com Cibele, a maneira vai evitar que, abram o saco à procura de produtos, prevenindo manipulação de objetos. “Quem não puder fazer isso, não tem problema, deixe os produtos como puder, estou borrifando com álcool e tudo está sendo feito conforme as normas de segurança. É tudo na base da confiança, é só deixar sua doação”, fala.

O projeto fica localizado em duas garagens, na Rua Eurico Salles, atrás da Prefeitura, de propriedade do casal. “O espaço é simples, de terra. Mas tudo está sendo feito com muito carinho. Forrei as prateleiras, coloquei umas plantas para humanizar e tenho certeza que, com a ajuda de quem puder, iremos triplicar as doações”, fala.

Cibele aproveita para pedir que cada pessoa pegue apenas o que necessitar. “Como estamos em uma ação agindo na base da confiança, é bom sempre lembrar que é preciso deixar produtos para o próximo também. Estamos vivendo um momento difícil, se nos unirmos, poderemos amenizar o sofrimento de muita gente”, comenta.

A prateleira Solidária funciona em um espaço aberto, e conta com o apoio dos venecianos que puderem ajudar. E já que o bem faz bem, doe o que não te serve mais, ou algo que não te fará falta.

Leia mais

“Receito hidroxicloroquina na fase inicial de Covid-19”, diz o médico José Mauro Pimentel

» O médico, José Mauro Pimentel Machado Especialista revela...

Municípios têm até dia 31 para preencher cadastro que prevê repasse federal para gestão de resíduos sólidos

As gestões municipais têm até a próxima sexta-feira (31) para preencherem o Sistema Nacional de Informações sobre a Gestão dos Resíduos Sólidos (Sinir). O...

A jornada de um policial militar é árdua!

A jornada de um policial militar é árdua! "Enfrentamos o perigo de frente, cara a cara, e mesmo não sabendo qual será o resultado no...

Garantia-Safra atende mais de 82 mil agricultores no mês de junho

– Foto: Prefeitura de Guaíra – SP O pagamento do Garantia-Safra será feito,...

Leia também

Equipe do SESI Goiás é premiada em torneio nacional de robótica focado no combate à Covid-19

Alunos da Escola SESI Planalto, em Goiânia, foram premiados no Torneio SESI de Robótica – Desafio Covid-19. O torneio nacional contou com quase dois...

Com sistema sanitizante para estabelecimentos comerciais, equipe do SESI Barra Bonita é premiada em torneio nacional de robótica

A pandemia de Covid-19 trouxe junto a ela a necessidade de higienização de mercadorias, já que o coronavírus pode sobreviver por vários dias na...

BA: Projeto de esterilização de livros por ozônio é premiado em torneio nacional de robótica com foco no combate à pandemia

Com o objetivo de reduzir o impacto causado pela Covid-19 no empréstimo de livros, a equipe Robolife, do SESI Candeias, na Bahia, desenvolveu uma...

Sancionada lei que aumenta punição para maus-tratos de animais

A prática de abuso e maus tratos a animais será punida com pena de reclusão de dois a cinco anos, além de multa e...