Praias ficam cheias no feriado mesmo com pedido de isolamento em Vitória e outras cidades

Alto número de mortes e casos confirmados de coronavírus, a pandemia e contaminação nas ruas e o pedido para que as pessoas ficassem em casa. Estes fatores não foram suficientes para impedir que parte da população lotasse as praias do Estado nesta quinta-feira (11). A combinação de feriado Nacional de Corpus Christi com o dia ensolarado acabou contribuindo para o desrespeito ao isolamento social.

Nas praias de Camburi, em Vitória, e Praia da Costa, Itapuã e Itaparica, em Vila Velha, o que se viu foi areia e calçadões lotados de pessoas que buscavam se banhar ou praticar atividades físicas. Até mesmo as crianças ou idosos (estes últimos que estão no grupo de risco para o coronavírus) foram vistos nas praias.

As cenas foram observadas um dia após o governador do Estado, Renato Casagrande, fazer um apelo à população para que idas às praias ou à Região Serrana fossem evitadas neste feriado prolongado.

Para tentar conscientizar a população sobre os riscos da doença, e orientar que as pessoas deveriam voltar para a casa, uma grande força tarefa foi montada no Estado. Agentes da segurança pública, como Corpo de Bombeiros e Polícia Militar, aliados às Guardas e Secretarias Municipais foram as ruas nesta quinta para conversar com a população e repassar mensagens relacionadas à prevenção ao coronavírus.

Além de Vitória e Vila Velha, as ações foram executadas nas praias de Serra, Aracruz, Guarapari, Anchieta e Piúma.

“A medida foi intensificada em praias, praças e parques por conta do dia ensolarado e pessoas em busca de diversão e lazer. E foi o que encontramos. As pessoas estão cansadas desta situação, após três meses em casa, mas o distanciamento social é necessário. O poder público faz a sua parte, realocando leitos, colocando testes e equipes nas ruas, mas a população precisa fazer a sua parte e ter consciência”, explicou o Tenente-Coronel Paiva, comandante do 1º Batalhão do Corpo de Bombeiros.

Em Vitória, os agentes distribuíram cerca de 500 máscaras para a população que estava nas Praias de Camburi, Curva da Jurema e das ilhas. Até o final de semana, serão 2 mil ao todo.

“Todos precisam ficar atentos quanto a higiene e evitar as aglomerações, para que possamos reduzir a velocidade de contágio do coronavírus. Hoje, encontramos muitas pessoas em duplas fazendo caminhadas no calçadão e fizemos a abordagem orientando que o melhor é ficar em casa”, explicou o subsecretário da Guarda Civil Municipal, Edvandro Sipolatti.

As máscaras foram produzidas em parceria da Prefeitura de Vitória, por meio da Companhia de Desenvolvimento de Vitória (CDV) e Liga das Escolas de Samba do Estado.

Em Vila Velha, além das praias, as ações foram desenvolvidas também nos polos comerciais, com foco na orientação e fiscalização.

No polo da Glória, cinco estabelecimentos foram orientados a fechar as portas por descumprirem o Decreto Estadual quanto ao dia estabelecido para o funcionamento. Outros sete estabelecimentos também receberam orientações sobre as condições de higiene, distanciamento e uso de máscaras. Nenhum estabelecimento foi autuado.

Na Serra, equipes da Guarda Municipal e de Trânsito abordaram motoristas nas orlas do município (Carapebus, Manguinhos e Jacaraípe). Mais de 600 veículos abordados e os ocupantes foram orientados quanto a utilização de máscaras, álcool em gel e a necessidade de respeitar o isolamento social. 17 agentes da Guarda Municipal e de Trânsito foram mobilizados.

Fonte: tribunaonline

Leia mais

Leia também