Praça no Centro ficou lotada durante café da manhã oferecido às mulheres de Barra de São Francisco

Compartilhe

Centenas de mulheres compareceram ou passaram na manhã desta terça-feira, 8, pela praça Arlindo Pinto da Costa em Barra de São Francisco e participaram de uma grande festa promovida pela Prefeitura para homenagear as mulheres francisquense pela passagem do Dia Internacional da Mulher.

O prefeito Enivaldo dos Anjos (PSD), que tem buscado o empoderamento do sexo feminino em sua gestão, chegou à praça as 7h, horário marcado para o início do evento, e ali permaneceu até por volta de 9h, tirando fotografias, conversando e parabenizando todas as mulheres pelo seu dia.

Com mais de 60% de seu secretariado composto por mulheres, o prefeito destacou que a valorização do sexo feminino se tornou hoje, mais do que nunca, uma necessidade premente, diante da violência praticada pelos homens para com suas companheiras e ressaltou que a busca pela igualdade tem que ser uma luta constante e diária.

Ao partir o bolo de dois metros em homenagem às mulheres, fez questão de entregar o primeiro pedaço à professora aposentada Evany Luzia Manhães, a Dandinha, 75 anos, que já foi professora da rede municipal de ensino e diretora da Escola Estadual João XXIII, onde encerrou sua carreira como educadora.

Mulher simples, que viveu na Rua Mineira, hoje Bairro Irmãos Fernandes, praticamente toda a vida, também foi costureira das mais requisitadas da cidade e construiu a família, junto com a irmã, Eva, que sempre morou ao seu lado, muito admirada na cidade.

Dandinha, inclusive, foi homenageada também pela secretária municipal de Educação, Delma Ker, que discursou em nome das secretárias municipais de Saúde. Aliás, a secretária destacou, em sua fala, que “a força de uma sociedade justa está na cabeça da mulher, não importa o cargo que ela ocupa”.

“Nós mulheres fazemos a diferença e temos que ter consciência disso. Hoje, 62 milhões de meninas não têm acesso à educação porque muitas mães ainda pensam que elas não foram feitas para ocupar todos os espaços”, lamentou.

A secretária disse ainda que as mulheres, apesar de cumprirem jornadas de trabalho iguais ou mais pesadas do que o homem, ainda cuidam de casa e mesmo assim não perdem sua feminilidade.

“Ser mulher é um desafio muito grande, as guerras pelo mundo afora são pesadas, mas as mulheres enfrentam uma guerra ainda maior contra a violência masculina. Aos homens que aqui estão agradecemos por nos reconhecer e nos olhar com respeito, aos meninos, aos rapazes queremos dizer que ninguém pode violar o direito das meninas, o direito de dizer não. E não é não, não é sim, nem talvez é não e pronto.”

O evento

O café da manhã oferecido às mulheres na manhã de hoje teve início com uma preleção da professora Deise Silva, missionária da 1ª Igreja Batista de Barra de São Francisco, que usou a Bíblia para mostrar que a mulher é empreendedora e matriarca desde os primórdios da civilização humana e cristã.

Ela citou vários livros bíblicos, como Provérbios, para ressaltar que ‘nem ouro nem joias compram o valor de uma mulher e destacou que as mulheres trabalham três turnos, dentro e fora de casa.

Logo depois teve início o sorteio de dezenas de brindes oferecidos pelo comércio local, além da distribuição de rosas vermelhas às mulheres presentes e um farto café da manhã, com sucos, leite, café, bolos, pães e outros alimentos.

Ao lado da praça, numa tenda, outro evento paralelo, promovido pela prefeitura em parceria com institutos de beleza da cidade, oferecia às mulheres presentes, vários serviços estéticos, como maquiagem, penteados, estética facial e outros serviços.

A dona de casa Wilkimara Santos, do bairro Nova Barra, fez questão de levar a filha, Ana Vitória para prestigiar a festa e disse ter ficado muito feliz com a festa promovida pela Prefeitura. “É muito bom quando um prefeito se preocupa em homenagear e prestigiar as mulheres. Trouxe minha filha para ela ver e sentir que nós temos que nos valorizar”, disse.

Já a professora e costureira aposentada Dandinha Manhães, que estava acompanhada de várias amigas da Terceira Idade também elogiou a iniciativa do prefeito Enivaldo dos Anjos. “Eu já estou com 75 anos, três quartos de século e fiquei muito feliz, por ter sido lembrada pela secretária Delma Ker e também pelo nosso prefeito. Que Deus abençoe esta administração”, finalizou.

Mulheres na Prefeitura

Vale lembrar que a prefeitura de Barra de São Francisco é, provavelmente, a única do Espírito Santo que tem a metade dos seus cargos em nível de secretaria ocupado por mulheres. São 22 cargos, entre secretárias, superintendências e outros.

Só entre as 17 secretarias municipais, oito têm mulheres como titulares, uma situação que mostra claramente o desejo do prefeito Enivaldo dos Anjos de promover o empoderamento feminino e quebrar os paradigmas da administração pública no Brasil.

Leia também

São Paulo vira sobre Cuiabá e segue na parte de cima do Brasileiro

Após dois empates seguidos, o São Paulo voltou a vencer na Série A do Campeonato Brasileiro. Neste domingo (15), o...

Daniel Comboni de Ecoporanga é campeã de handebol infantil em Barra de São Francisco

Em um jogo eletrizante, a equipe da escola Daniel Comboni de ECOPORANGA sagrou-se campeã dos jogos escolares regional...

Estabelecimento comercial é furtado no interior de Nova Venécia

Um estabelecimento comercial foi furtado na madrugada desta terça-feira, dia 17, no Córrego da Penha, zona rural de...

Em SP, presidente critica Petrobras e diz “lamentar” preço do diesel

O presidente Jair Bolsonaro voltou hoje (16) a criticar a Petrobras pelas sucessivas altas nos preços dos combustíveis...

Exposição mostra olhar de embaixadores sobre Brasília

A exposição Viver Brasília: Uma Perspectiva Internacional, que está em cartaz no Museu de Arte de Brasília (MAB),...

Servidores iniciam limpeza aos arredores da escola no Assentamento Três Corações

Servidores da secretaria de Limpeza e serviços da prefeitura de Barra de São Francisco, estão realizando a capina...

Tempo frio: água de nascente congela em parque do Espírito Santo

Um vídeo mostra que o frio congelou a água de uma nascente no Parque Nacional do Caparaó, entre...