Portugal prorroga suspensão de voos com Brasil e Reino Unido até 1 de março


Portugal estendeu neste sábado a suspensão de voos de e para o Brasil e o Reino Unido até 1º de março. O país já havia suspendido todos os voos comerciais ou privados de ligação com o Brasil em 29 de janeiro devido ao aumento de casos da Covid-19 no território brasileiro e à detecção de novas cepas do coronavírus. A restrição seria encerrada neste domingo.

A interrupção das viagens deixou centenas de brasileiros com dificuldades de se manter no país europeu. Enquanto no primeiro fechamento de fronteiras, em março de 2020, a maioria dos afetados eram turistas desprevenidos, desta vez, como a entrada de pessoas a passeio permanece proibida desde então, os atingidos são sobretudo migrantes.

Muitas destas pessoas perderam os empregos por conta da pandemia, estão sem recursos para viver em Portugal e já planejavam seu retorno ao Brasil quando os voos foram cancelados, segundo a Folha de S.Paulo.Os passageiros autorizados a regressar a Portugal devem apresentar teste para Covid-19 negativo, efetuado no máximo 72 horas antes da partida, e fazer quarentena de 14 dias no regresso, afirma o comunicado, ressaltando medidas já em vigor, segundo O Globo.

Referência no combate à pandemia na Europa na primeira onda, Portugal viu o panorama mudar no fim de 2020. Diante das dificuldades vistas na vizinha Espanha, parte da população já tomava cuidados e quem pôde tirou os filhos da escola e ficou em casa espontaneamente antes do decreto de confinamento, em 18 de março. A situação começou a mudar em dezembro. Mesmo com o aumento de casos em outros países e a possibilidade de disseminação de novas cepas, Portugal autorizou viagens no fim do ano e não impôs limites de pessoas na celebração do Natal. Uma nova quarentena só foi decretada em janeiro.

Aeronave da TAP

Aeronave da TAP

Leia mais

Leia também