População ocupada no agronegócio cai 5,2% entre 2019 e 2020

A população ocupada no agronegócio caiu 5,2% entre 2019 e 2020. Os números são de um levantamento do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada da USP, que também comparou a porcentagem com a ocupação geral do Brasil. 

A pesquisa concluiu que houve diminuição do número de ocupados no país de 7,9%, o que mostra que a participação do agronegócio no mercado de trabalho brasileiro aumentou 20,1% em 2020, contra 19,5% em 2019.

De acordo com os pesquisadores, o resultado do mercado de trabalho do agronegócio em 2020 esteve relacionado às quedas nos empregos em todos os segmentos do setor, com destaque para a agroindústria e os agrosserviços.

Produção agrícola e pecuária deve ter valor de R$ 1 trilhão no ano

Mapa revela que municípios com alta produção agrícola impactam no PIB local

Governo quer ampliar tecnologia na agricultura com incentivos fiscais

Os mais afetados no ano passado foram os empregados sem carteira assinada, aqueles com os menores níveis de instrução formal e as mulheres. Os dados evidenciam que os choques no mercado de trabalho afetam principalmente os trabalhadores com perfis mais vulneráveis.

Tomaz Silva/Agência Brasil

Leia mais

Leia também