Polícias Militar e Civil agem rápido e capturam suspeito de estupro em Ecoporanga

Na manhã de ontem, dia 26 de março de 2021, uma jovem de 18 anos foi até a Delegacia de Polícia Civil de Ecoporanga, e procurou o Delegado Leonardo Amorim, narrando ao mesmo que tinha sido vítima de estupro. A informação é do site agitaeco.

De acordo com a jovem, na madrugada do mesmo dia estava caminhando próximo ao Mercado Municipal, quando foi abordada por um homem que a agarrou pelos cabelos, tapou sua boca e a arrastou para uma construção, vindo então a praticar a violência sexual.

Ao tomar conhecimento dos fatos, imediatamente o Dr. Leonardo Amorim encaminhou a jovem para assistência médica e psicológica, acionando em seguida a 14ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Barra de São Francisco, que colocou toda a equipe à disposição, e a Polícia Militar de Ecoporanga.
Após, refazer o trajeto traçado pelo criminoso, a polícia obteve imagens de câmeras de segurança que auxiliaram na identificação do suspeito.

A partir de então o trabalho foi incessante em busca do criminoso até que, na noite do mesmo dia 26, a polícia militar obteve êxito em localizá-lo, conduziram até sua casa para averiguações, e lá encontraram trancada e sozinha uma criança de 2 anos, que segundo ele, se tratava do filho de sua mulher que havia deixado em seus cuidados. Em seguida foi encaminhado para a 14ª Delegacia Regional de Polícia Civil, onde o mesmo foi autuado pelo crime de abandono de incapaz, tendo o Delegado de Polícia Civil representado pela prisão do agente pela prática do estupro.

“Mais uma vez o trabalho conjunto mostrando um extraordinário resultado. Após a notícia de um suposto crime de elevada gravidade, a atuação conjunta dos órgãos funcionou não só para capturar o indivíduo, mas também para prestar toda assistência à vítima.
Importante parabenizar a polícia militar que em nenhum momento esmoreceu e ao longo de todo o dia, de maneira incansável, trocaram informações comigo até a identificação e localização do indivíduo. Os envolvidos merecem todo o reconhecimento e os devidos elogios”. Relatou o delegado Dr. Leonardo Amorim.

 

Após o site publicar o trabalho das polícias Militar e Civil, onde na noite da última sexta-feira (26/03) as guarnições capturaram rapidamente o homem que está sendo suspeito pelo crime de estuprar uma jovem de 18 anos e abandono de incapaz em sua residência, mais uma vítima reconheceu o homem e foi juntamente com seus pais até a delegacia para prestar depoimento, uma mulher de 22 anos que é moradora do bairro Benedito Monteiro.

Polícias Militar e Civil agem rápido e capturam suspeito de estupro em Ecoporanga

Segundo relato da vítima para a polícia, ela também foi abusada sexualmente na mesma noite pelo mesmo homem que foi preso, a mulher reconheceu o acusado como sendo o autor de seu estupro. O homem acusado de ser o estuprador estava morando próximo à casa da vítima.

A vítima foi encaminhada para o hospital Fumatre para a realização de exames de corpo delito.

Leia mais

Leia também