Polícia Federal prende empresário em operação contra comércio ilegal de armas no Espírito Santo

 

A Polícia Federal prendeu um empresário de 66 anos em uma operação contra o comércio ilegal de armas realizada na manhã desta segunda-feira (23) no Espírito Santo.

A PF não divulgou o nome do suspeito, que foi preso em Vila Velha.

Além do mandado de prisão preventiva contra o empresário, também foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão em Vila Velha e em Águia Branca.

A operação contou com a participação de 12 policiais, que cumpriram os mandados na casa e no comércio de armas do preso, em um escritório e em um clube de tiro.

Foram aprendidas três armas de fogo e munição de diversos calibres.

Segundo a PF, o empresário havia sido preso em 31 de março deste ano após uma fiscalização conjunta do Exército e da Polícia Federal em um clube de tiro que funcionava sem a devida autorização, inclusive com a realização de torneios.

Ainda de acordo com a PF, o homem estava respondendo o processo em liberdade, contudo perdeu a autorização de continuar administrando sua loja de comércio de armas e munições em Vila Velha.

A PF informou que. embora tenha saído do contrato social das suas empresas, o empresário continuou exercendo a atividade de comércio destes produtos controlados, sem possuir autorização do Exército.

O investigado responderá pelo crime de comércio ilegal de arma de fogo.

Leia mais

Leia também