Polícia Federal investiga falsificação de dinheiro no Norte do Espírito Santo

 

A Polícia Federal realizou nesta quinta-feira (29) a Operação Cripton, com objetivo de investigar falsificação de dinheiro no Espírito Santo.

Foi cumprido um mandado de busca e apreensão em São Mateus.

A ação contou com a participação de seis policiais, que durante as buscas apreenderam documentos de identidade falsos, documentos de registro de veículo em branco, além de vários carimbos e bloco de atestado médico de hospital público também em branco, bem como equipamentos de mídia.

Diante das apreensões, além do crime de falsificação ou venda de cédula falsa, os investigados também poderão responder pelos crimes de estelionato e falsidade ideológica, cujas penas totais podem chegar a 22 anos de prisão. Os nomes dos investigados não foram divulgados.

Segundo a PF, o material apreendido será submetido a perícia e as investigações continuam em busca da identificação de outros possíveis suspeitos.

Ainda de acordo com a PF, não houve prisões pois não havia situação flagrancial. A posse de documento falso não gera flagrante.

Leia mais

Leia também