Polícia Federal fecha pedreira por suspeita de extração ilegal de granito no interior do ES

Local tinha mais de 43 mil metros quadrados e, de acordo com a PF, responsáveis não tinham documentos que autorizassem a atividade no local.

Polícia Federal fecha pedreira em Afonso Cláudio, ES, por suspeita de extração irregular de granito. — Foto: Divulgação/PF-ES

Polícia Federal fecha pedreira em Afonso Cláudio, ES, por suspeita de extração irregular de granito. — Foto: Divulgação/PF-ES

A Polícia Federal fechou nesta quinta-feira (3) uma pedreira em Afonso Cláudio, na Região Serrana do Espírito Santo, por suspeita de extração irregular de granito, feita sem o título que autoriza a atividade.

A área tem cerca de 43 mil metros quadrados e fica na localidade de Alto Rio Cobra. A polícia apreendeu equipamentos de lavra e encerrou as atividades no local.

Polícia Federal fecha pedreira em Afonso Cláudio, ES, por suspeita de extração irregular de granito. — Foto: Divulgação/PF-ES

Polícia Federal fecha pedreira em Afonso Cláudio, ES, por suspeita de extração irregular de granito. — Foto: Divulgação/PF-ES

De acordo com a PF, os responsáveis não tinham autorização para a atividade. A fiscalização foi feita em conjunto com a Agência Nacional de Mineração.

Os donos da pedreira poderão responder na Justiça tanto pela ação irregular quanto por retirar uma matéria-prima que é considerada patrimônio público, e podem pegar seis anos de prisão.

Polícia Federal fecha pedreira em Afonso Cláudio, ES, por suspeita de extração irregular de granito. — Foto: Divulgação/PF-ES

Polícia Federal fecha pedreira em Afonso Cláudio, ES, por suspeita de extração irregular de granito. — Foto: Divulgação/PF-ES

Leia mais

Leia também