Polícia de Aracruz apreende dois adolescentes enquanto embalavam drogas

Compartilhe

A Delegacia Especializada de Narcóticos (Denarc) de Aracruz, com o apoio da Delegacia de Investigações Criminais (Deic) de Aracruz, durante diligências investigativas realizadas, nessa quinta-feira (19), apreendeu dois adolescentes, de 14 e 16 anos, no bairro Cohab III, no município. Os menores foram apreendidos enquanto embalavam drogas para o tráfico.

O titular da Delegacia Especializada de Narcóticos de Aracruz, delegado André Jaretta, informou que, durante diligências, a equipe de policiais civis tomou conhecimento de que, em um imóvel localizado no Bairro Cohab III, dois indivíduos realizavam o preparo e o embalo de entorpecentes que seriam vendidos.

“Imediatamente, a equipe se dirigiu até o local para apuração e visualizou na janela do segundo andar um indivíduo com uma sacola nas mãos. Ao ser anunciada a presença policial, o indivíduo largou a sacola que caiu aos pés dele e colocou a mão na cabeça. Ao ser indagado, ele confirmou que na sacola continham drogas”, acrescentou o delegado André Jaretta.

Diante do evidente estado flagrancial, os policiais entraram no imóvel onde localizaram o outro adolescente. Eles confirmaram que estavam embalando entorpecentes no momento da chegada dos policiais. 

 

No local, foram apreendidos uma sacola com, aproximadamente, 83 gramas de cocaína, uma sacola contendo 31 gramas de crack, 186 pedras de crack, cinco papelotes de cocaína, quatro buchas de maconha e R$ 30,00 em notas fracionadas. Além dos entorpecentes, os policiais encontraram ainda uma balança de precisão, uma calculadora, ácido bórico para mistura das drogas e vários invólucros destinados ao embalo do material.

Em consulta ao banco de dados, verificou-se ser a quarta apreensão do jovem de 16 anos por tráfico de drogas e a segunda apreensão do menor de 14 anos pelo mesmo ato infracional, além de ter tido passagem por porte ilegal de arma.

“Desta forma, os adolescentes foram conduzidos até o plantão da Delegacia Regional de Aracruz, onde assinaram um  Boletim de Ocorrência Circunstanciado (Boc) por ato infracional análogo ao crime de tráfico de drogas”, contou o delegado.

 

Os adolescentes foram reintegrados à família, após o familiar assumir o compromisso de comparecer ao Ministério Público do Espírito Santo (MPES), quando solicitado.

Texto: Victória Meireles, estagiária .

Leia também

INDICADORES: Preço do café arábica aumenta nesta sexta-feira (1º)

A saca de 60 quilos do café arábica iniciou a sexta-feira (1º) com aumento de 0,72% no preço...

Combate ao Aedes aegypti precisa ser mantido mesmo nos dias de Inverno

Teve início no Brasil a estação mais fria do ano, o Inverno. Mesmo neste período de constante queda...

Primeiro semestre de 2022 tem o menor número de homicídios em 26 anos no Espírito Santo, diz secretaria

    Número de homicídios no ES desde 1996. Primeiro semestre de 2022 registrou os menores índices. — Foto: Reprodução/Sesp Os...

Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 37 milhões

O concurso 2.495 da Mega-Sena, realizado nesta terça-feira (28) à noite no Espaço Loterias da Caixa em São...