Polícia Civil prende homem suspeito de abusar e submeter esposa e enteadas ao trabalho forçado em Nova Venécia

Compartilhe

Na última sexta-feira (24), um homem de 31 anos foi detido por policiais civis da 17ª Delegacia Regional de Nova Venécia, após as autoridades policiais terem sido comunicadas de que o suspeito estaria praticando atos de violência doméstica e familiar contra a esposa, que está grávida, e contra as enteadas. As agressões incluem violência física, sexual, patrimonial e psicológica.

A operação da Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), empreendida para a captura do suspeito, foi realizada na localidade de Patrimônio Guarabu, na zona rural de Nova Venécia. A polícia teve ciência dos fatos, após uma das enteadas do suspeito ter confidenciado a uma equipe escolar que ela, as irmãs e a mãe estavam sofrendo com maus tratos e violência doméstica por parte do padrasto.

“Segundo o relato das vítimas, o padrasto obrigava as três enteadas a trabalharem na lavoura de café e elas só comiam se colhessem um determinado número de sacas de café”, disse o delegado Douglas Trevizani Sperandio, titular da 17ª Delegacia Regional de Nova Venécia. Ele acrescentou que as equipes policiais então iniciaram as investigações e chegaram nas informações necessárias para a apreensão do suspeito.

Durante o relato de uma das vítimas, além de serem submetidas ao trabalho forçado nas lavouras de café, o suspeito tinha o costume de “espiar” o banho das enteadas, agredia a esposa grávida e, ainda no mês de junho, expulsou duas das enteadas de casa, forçando-as a se abrigarem próximas a um secador de café, na tentativa de amenizar o frio causado pela chegada do inverno. Em seguida, o padrasto ameaçou as enteadas dizendo que as mataria caso as agressões chegassem ao conhecimento das autoridades.

Diante dessas informações, as vítimas foram encaminhadas para realizar exame de corpo de delito e, após os procedimentos, foi solicitada a prisão preventiva do suspeito, que foi deferida pela 2ª Vara Criminal de Nova Venécia.

O suspeito não ofereceu resistência à prisão e foi conduzido até a 17ª Delegacia Regional de Nova Venécia, onde foram realizados os procedimentos de praxe e, posteriormente, o homem foi encaminhado ao sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Texto: Rachel Nunes

Leia também

IPCA de julho é indicativo de que inflação pode começar a recuar, apontam especialistas

A queda de 0,68% do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (IPCA) em julho, segundo o IBGE, indica...

Ruas, prédios e comércios da cidade ganham as cores Pomitafro

      O município já está vestido com as cores da Pomitafro. Isso...

Vacinação contra Poliomielite, Influenza, Meningite e Covid continua em Barra de São Francisco

A Prefeitura de Barra de São Francisco, através da Secretaria Municipal de Saúde, continua nesta semana a campanha...

Iniciada a drenagem das obras de urbanização e pista de caminhada no Condomínio dos Anjos

A drenagem da implantação de uma pista de caminhada de mais de 900 m², em frente ao Condomínio...

INDICADORES: Preço do boi gordo tem baixa nesta quinta-feira (11)

A cotação da arroba do boi gordo começou a quinta-feira (11) com baixa de 1,83% e o produto...

‘Nenhum pai quer ver um filho jogado no matagal, morto’, diz homem que encontrou corpo do filho queimado em Vitória

  O corpo de um jovem, identificado como Matheus Rocha Silva, de 26 anos, foi encontrado parcialmente queimado e...

Servidores participam de curso para gestão de fiscalização de contratos

O professor e advogado Alessandro Simões Machado, pós-graduado em Direito do Consumidor e Responsabilidade Civil e especialista em...

Projeto Avivar leva aulas de Zumba para Vargem Alegre

Com intuito de oferecer mais uma opção de lazer e atividade física para a terceira idade, a Prefeitura...