Polícia Civil destrói mais de uma tonelada de drogas apreendidas no Espírito Santo

Mais de uma tonelada de entorpecentes foram encaminhadas para incineração nesta sexta-feira (26). O material é fruto de apreensões realizadas pelas forças de segurança do Estado, e a destruição é alusiva ao Dia Internacional contra o Abuso e Tráfico Ilícito de Drogas. Segundo o delegado Tarcísio Otoni, chefe do  Departamento Especializado em Narcóticos(Denarc), entre janeiro e junho deste ano, mais de 400 quilos de drogas foram apreendidos nas operações realizadas pelo Órgão.  O número representa um aumento 20% no volume de apreensões, em relação ao mesmo período do ano passado.

Participaram da cerimônia reservada, o governador Renato Casagrande, o secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, coronel Alexandre Ramalho, o delegado-geral da Polícia Civil, José Darcy Arruda, e policiais da Denarc.

Casagrande destacou o trabalho realizado pelas forças de segurança no combate ao tráfico de drogas, que é responsável por maior parte dos casos de criminalidade violenta. “O trabalho feito pelas policias é um trabalho que produz resultados, representando por todas essas drogas apreendidas e que agora serão incineradas. Vamos continuar nesse trabalho forte da Policia Militar e da Policia Civil, integradas com outras forças de segurança”, afirmou.

O secretário da Segurança Pública agradeceu o empenho de policiais civis e militares no enfrentamento ao crime. “A queima dessas drogas simboliza a extinção dos males que elas trazem para a nossa sociedade. Hoje em dia, o comércio desses entorpecentes é a atividade criminosa que mais tira as vidas dos nossos jovens. Agradeço muito aos nossos policiais pelo empenho no combate ao tráfico e damos muito valor a cada grama apreendido”, disse coronel Ramalho.

Durante a Semana, são intensificadas as ações de promoção de eventos para o debate público sobre as políticas antidrogas. Como símbolo de um dos eixos fundamentais do enfrentamento às drogas, o Denarc realizou o encaminhamento para destruição de mais uma tonelada de drogas apreendidas nesse primeiro semestre de 2020. Essas apreensões demonstram o compromisso com ações de redução de oferta de drogas”, declarou o chefe do Denarc, delegado Tarcísio Otoni.

De acordo com o Departamento Especializado em Narcóticos, foram 240 operações em 2020, o que resultou na apreensão de 395 quilos de maconha, mais de dois quilos de crack e 11 quilos de cocaína.

Informações: Folha Vitória

Leia mais

Leia também