Polícia Civil descobre esquema de venda ilegal de alimentos em Ecoporanga

 

O setor de inteligência da Polícia Civil de Ecoporanga descobriu um esquema ilegal da venda de alimentos ocorrida no distrito de Joassuba. A informação é de Itamar José dos Santos, do agitaeco.

De acordo com a polícia civil, o motorista e o ajudante do caminhão, responsáveis pela entrega de cortes de frango em diversos municípios da região, paravam o veículo durante a entrega, subtraíam pequenas quantidades de cada caixa vendida e formavam novas caixas, que por sua vez, eram vendidas para receptadores sem a devida nota fiscal.

Após desvendarem o esquema criminoso, os policiais descobriram que o caminhão havia saído da empresa no dia de ontem, 26/07, para efetuar as entregas e passaram a monitorar o veículo. Já na manhã de hoje, terça-feira, 27/07, quando o caminhão já se encontrava na cidade de Ecoporanga, a Polícia Civil iniciou uma operação com policiais disfarçados e acompanhou toda a rota de entrega, tendo no período da tarde flagrado o exato momento em que os produtos furtados foram entregues a uma comerciante de Joassuba. Imediatamente os policiais deram voz de prisão aos envolvidos e os conduziram até a Delegacia de Polícia Civil de Ecoporanga.

Após ser interrogado, o motorista do caminho confessou o crime e afirmou que as subtrações já ocorriam há 04 (quatro) meses.

“Nosso trabalho de inteligência foi perfeito. Conseguimos descobrir a prática desse crime e monitoramos muito bem os envolvidos. Agradeço muito o empenho dos meus policiais que foram incansáveis. Estamos atentos a tudo o que acontece em nosso município e não vamos abrir mão, em momento algum, de combater a prática de crime com todos os nossos esforços”, disse o Delegado Leonardo Amorim.

De acordo com o Delegado, o motorista do caminhão foi preso pela prática de furto qualificado, enquanto a receptadora foi autuada por recepção culposa.