ES: Polícia Civil conclui inquérito sobre morte da menina Alice com cinco detidos

A Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Mulher (DHPM) divulgou, nesta quarta-feira (06), a conclusão do inquérito que investigou a morte da menina Alice da Silva Almeida de 03 anos de idade, ocorrida no dia 09 de fevereiro, no quintal de casa, no bairro Dom João Batista, em Vila Velha.

As investigações foram conduzidas pela titular da DHPM,delegada Raffaella Aguiar, e concluídas em menos de dois meses. Sete pessoas foram identificadas como envolvidas no tiroteio que vitimou a criança, sendo que cinco estão presas. Quatro agiram como atiradores, um era motorista e um casal foi indiciado como mandante do crime.

“Eu quero parabenizar a doutora Raffaella pelo brilhante trabalho que ela fez, de identificar todos os autores neste crime, que chocou a população capixaba. Ela conseguiu fazer o liame subjetivo de um traficante, que está preso, com o mundo externo, através da esposa que tinha contato com ele no presídio. Por meio das investigações foi possível identificar esse elo”, destacou o delegado-geral da Polícia Civil, José Darcy Arruda.

Os levantamentos indicaram que o tiroteio foi motivado por uma disputa entre organizações criminosas que atuam no tráfico de drogas, no bairro Dom João Batista. “A  disputa começou no ano passado, quando chefes do tráfico daquela região romperam e começaram a brigar entre si pelo comando daquele local. Em virtude dessa disputa, começaram a ocorrer diversos homicídios”, explicou a delegada Raffaella Aguiar.

Dinâmica do crime

De acordo com as investigações, no dia 09 de fevereiro, um adolescente de 17 anos estava em frente à residência onde Alice morava e conversava com o pai da menina no momento em que um veículo branco com quatro ocupantes se aproximou.

O carro era dirigido por um homem de 22 anos. Os outros ocupantes eram um adolescente de 15 anos; e outros dois adultos de 24 e 27 anos. O grupo, segundo as investigações, é ligado à organização criminosa conhecida como ‘Boca do Botafogo’ e tinha o objetivo de matar o adolescente de 17 anos, ligado à chamada ‘Boca da Jamba’.

Ocupantes do carro atiraram, o adolescente correu para o quintal da residência e um homem de 28 anos, que também é ligado à ‘Boca da Jamba’ e estava em uma laje próxima, revidou ao ataque, atirando contra os ocupantes do veículo. O adolescente alvo dos disparos foi ferido e sobreviveu, mas um dos tiros atingiu Alice, que não resistiu.  

As investigações começaram logo após o fato e, à medida em que os suspeitos foram identificados, mandados de prisão foram expedidos pela justiça. No dia 20 de fevereiro ocorreu a prisão de um dos homens que estava no carro, realizada pela equipe da DHPM, em Vila Velha. No mesmo dia, a Polícia Militar localizou e prendeu, em Cariacica, o homem que estava na laje.

No dia 26 de março, uma operação conjunta realizada pela DHPM, Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Vila Velha e Guarda Municipal resultou na prisão de outro ocupante do carro, no bairro onde ocorreu o crime

A prisão mais recente ocorreu no dia 29 de abril, quando a Polícia Militar localizou uma mulher de 36 anos. Ela é esposa de um traficante de 36 anos, e mantinha o controle da ‘Boca do Botafogo’ após a prisão dele, no ano passado. Segundo as investigações, ela levava ordens do marido do presídio para os comandados e partiu do casal a determinação de tentar matar o adolescente.

Todos os indiciados responderão por homicídio consumado e tentativa de homicídio, e os maiores também respondem por corrupção de menor, sendo que um deles, o terceiro ocupante do carro,  possui mandado de prisão em aberto e se encontra foragido. O inquérito foi concluído e relatado à justiça, com representação pela apreensão do adolescente, de 15 anos, que ainda se encontra solto.

Texto: Camila Ferreira 

 

Assessoria de Comunicação Polícia Civil
Comunicação Interna – (27) 3137-9024
Agente de Polícia Fernanda Pontes
imprensa.pc@pc.es.gov.br

Atendimento à Imprensa

Olga Samara/ Camila Ferreira
(27) 3636-1536/ (27) 99846-1111/ (27) 3636-9928 / (27) 99297-8693
comunicapces@gmail.com

Leia mais

Família procura cachorro desaparecido

Uma família de Nova Venécia está à procura de um cachorro desaparecido desde a última sexta-feira, 25. De acordo com informações, “Bingo”, como é chamado,...

Uso da cloroquina dependerá de médico e paciente, diz Ministério da Saúde

Coletiva de imprensa com equipe técnica do Ministério da Saúde – Foto: ...

ICMBio determina reabertura de unidades de conservação para visitas

Com a abertura do Parna de Brasília, visitantes podem fazer trilha de 5 quilômetros. Foto: Acervo/ICMBio Em portaria publicada no Diário Oficial da União desta...

Leia também

Mudança na CLT propõe mesma regra do presencial para home office

Um Projeto de Lei apresentado na Câmara dos Deputados prevê que a jornada de trabalho no regime de home office atenda às mesmas normas...

Proposta altera Orçamento de 2020 para cobrir gasto extra de R$ 3 bi do seguro-desemprego

O Poder Executivo enviou ao Congresso Nacional uma proposta para reforçar com quase R$ 3 bilhões os pagamentos de seguro-desemprego devido à pandemia da...

Justiça condena ex-prefeito do Amazonas por improbidade administrativa

A Justiça Federal condenou Joaquim Neto Cavalcante Monteiro, ex-prefeito de Eirunepé (AM), por improbidade administrativa. Segundo a Justiça, ele omitiu a prestação de contas...

Programa Dinheiro Direto na Escola libera R$ 525 milhões para educação

A educação brasileira deverá receber um incentivo de R$ 525 milhões nos próximos meses. O valor já havia sido anunciado em setembro, mas agora...