Polícia apreende cobras que eram mantidas em cativeiro no Espírito Santo

 

Agentes do Batalhão de Polícia Militar apreenderam duas cobras que eram mantidas em cativeiro em uma casa no bairro Ilha das Flores, em Vila Velha, na Grande Vitória, nesta quinta-feira (13).

Os policiais foram ao imóvel para fiscalização de uma denúncia a respeito de manutenção de animais silvestres em cativeiro.

No local, a equipe verificou a presença de duas serpentes, sendo uma jiboia e uma cascavel, mantidas em cativeiro e sem a autorização de órgão ambiental.

Segundo a polícia, o responsável pelos animais disse que aprecia a espécie e as mantinha como animais de estimação por hobby, fornecendo pequenos roedores para alimentação das cobras.

Polícia apreendeu cobras que eram mantidas em cativeiro no ES — Foto: Divulgação/Polícia Militar

Polícia apreendeu cobras que eram mantidas em cativeiro no ES — Foto: Divulgação/Polícia Militar

Ainda de acordo com a Polícia Militar Ambiental, a cascavel é uma espécie venenosa. a polícia destacou também que até mesmo as mordidas de serpentes consideradas não-venenosas, como a jiboia, exigem atendimento médico, pois podem inocular bactérias e levar a um quadro de infecção.

Além da ocorrência de acidentes e possíveis riscos que a criação desses animais em cativeiro podem gerar, manter essas espécies sem a autorização do órgão competente também é um crime ambiental e tem pena de prisão de seis meses a um ano, além de multa.

Os policiais lavraram um termo circunstanciado e o homem se comprometeu a comparecer perante as autoridades assim que for solicitado.

Os animais foram recolhidos e encaminhados ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) para a avaliação de saúde e, posteriormente, serem devolvidos ao habitat natural.

Polícia apreendeu cobras que eram mantidas em cativeiro no ES — Foto: Divulgação/Polícia Militar

Polícia apreendeu cobras que eram mantidas em cativeiro no ES — Foto: Divulgação/Polícia Militar


Leia mais

Leia também