‘Pode ser sangue, parente, mas se fez tem que pagar’, diz tia de mãe presa suspeita de matar menino de 2 anos no Espírito Santo

Compartilhe

Depois que os pais do menino Jorge Teixeira da Silva Neto, de dois anos, foram presos suspeitos de torturar e estuprar o filho, que morreu por conta das agressões em Vila Velha, na Grande Vitória, a tia da mãe da criança disse que, para a família, o menino estava sendo tratado de uma virose e a notícia da morte deixou todos surpresos. A reortagem é de Juirana Nobres, g1 ES e TV Gazeta.

“Como morreu? uma criança saudável, feliz. Não acredito! Como morre uma criança saudável assim de repente? Ele estava com quadro de pneumonia constatada e a mãe estava levando o tempo todo para o médico, estava medicado. Para a gente, era uma criança com uma virose”, disse.

Sobre o fato de sua sobrinha, Jeorgia Karolina Teixeira da Silva, de 31 anos, e o marido dela e pai do menino, Maycon Cruz, de 35, terem sido presos, Ana Cristina disse que todos da família querem justiça.

“Eu não tenho nem adjetivo. É a reação de toda a família, a gente não consegue nem imaginar. Solidariedade nenhuma com eles. A gente não consegue ter com nenhum dos dois. Pode ser sangue, parente mas se fez tem que pagar. Que seja feita a justiça de Deus e do homem”, disse.

Jorge Teixeira da Silva Neto, de 2 anos

Jorge Teixeira da Silva Neto, de 2 anos

Jeorgia e Maycon levaram a criança na madrugada desta terça-feira (5) ao Hospital Estadual Infantil e Maternidade Alzir Bernardino Alves (Himaba), alegando que o menino estava com sintomas gripais.

A criança acabou morrendo no local e a equipe médica que a atendeu constatou lesões características de abuso sexual.

A reportagem apurou que o menino Jorge Teixeira da Silva Neto teve o intestino perfurado. Por volta de 10h desta terça (5), ele morreu por causa de uma infecção.

Ainda no hospital, as polícias Militar e Civil foram chamadas. O corpo de Jorge foi levado para o Departamento Médico Legal (DML), onde, segundo a polícia, foi constatado que o menino foi estuprado. A violência sexual teria acontecido no final de semana.

O boletim de ocorrência diz que o menino tinha hematomas e queimaduras de cigarro por todo corpo.

Pais são presos suspeitos de tortura, estupro e morte do filho de 2 anos

Pais são presos suspeitos de tortura, estupro e morte do filho de 2 anos

Segundo a polícia, os pais tentaram a todo custo liberar o corpo do menino para uma funerária, diziam que não era necessário fazer autópsia. Eles acabaram presos ainda no DML.

No bairro onde a família mora, a reportagem encontrou parentes dos pais do menino, mas eles não quiseram dar entrevista. Vizinhos também preferiam não falar nada.

Abordados após exames no DML, os pais não quiseram falar com a imprensa.

Os dois foram autuados pelos crimes de estupro de vulnerável com resultado morte e tortura e levados para o sistema prisional.

Até a última atualização deste texto, a reportagem não havia obtido contato com os presos ou as defesas deles.

Leia também

Vila Pavão participa de encontro de falantes pomeranos em Santa Maria de Jetibá

  O município de Vila Pavão participa hoje e amanhã, em...

INDICADORES: Preço do café arábica sobe nesta terça-feira (9)

A saca de 60 quilos do café arábica iniciou a terça-feira (9) com alta de 1,25% no preço...

CEARÁ: investimentos privados ampliam serviços de saneamento em municípios do estado

As operadoras privadas de saneamento possuem, até o momento, 199 contratos firmados no Brasil, entre as modalidades de...

M&T Expo apresentará equipamentos e tecnologias com foco em ESG

Aindústria de mineração no Brasil encerrou o primeiro semestre de 2022 com um faturamento de 113,2 bilhões, alcançando...

Sonhava em ser PM: quem era o motorista de app morto em ataque no Espírito Santo

  window.PLAYER_AB_ENV = "prod" O motorista de aplicativo Dyonathan Boni Choa, de 24 anos, que morreu após ser...

Supera Barra de São Francisco: agende uma aula grátis

Supera - Ginástica para o cérebro Agende uma aula grátis 27 99723-0030 https://youtu.be/iPOMUuw-xp4

Um mês após mulher trans ser morta por PM, moradores e comunidade LGBTQIA+ fazem protesto no Espírito Santo

  Mulher trans conhecida como 'Lara Croft' foi morta a tiros em Cariacica Nesta sexta-feira (12) completou-se um mês desde...

ES: polícia prende suspeito de assaltar 7 pessoas em 1 mês e investiga lojas por receptação de celulares

  Celular roubado por suspeito foi encontrado em loja que vende smartphones usados em Guarapari, ES Um jovem de 20...