PMES realiza formatura do estágio de adaptação de oficiais médicos do HPM

Foto: Rodrigo Araujo/Governo-ES

A Polícia Militar do Espírito Santo (PMES) realizou, na manhã desta quinta-feira (4), a solenidade de conclusão do Estágio de Adaptação de Oficiais (EAO) que irão atuar no atendimento médico do Hospital da Polícia Militar (HPM), em Vitória. A agenda teve a participação do governador do Estado, Renato Casagrande, que deu as boas-vindas aos novos oficiais e os parabenizou pela conclusão do curso mesmo em momento de pandemia.

“Parabéns a todos os formandos e seus familiares. Estive aqui no início do Estágio de Adaptação e agora estão formados. Há muitos anos que não tínhamos entrada de médicos oficiais no HPM, que é uma unidade de grande importância para a Polícia Militar e também para toda a sociedade capixaba. Estamos fazendo investimento na estrutura física, contratando médicos e queremos dar passos adiante no Hospital”, afirmou o governador.

A turma de nove médicos tenentes agora está apta a prestar serviços para os pacientes do hospital. Os profissionais são especializados em neurologia; medicina do trabalho; infectologia; cardiologia; oftalmologia; e ortopedia. Além do atendimento direto aos pacientes, os novos oficiais serão empregados nas atividades da Diretoria de Saúde em apoio à administração do HPM.

O EAO foi integralmente realizado na Academia da PMES, em Tucum, Cariacica. O estágio contou com carga de 329 horas distribuídas em 22 disciplinas nas áreas jurídicas, formação policial e gestão do serviço de saúde como: Direitos Humanos; Direito Administrativo; Direito Penal Comum e Militar; Legislação e documentos de saúde; Gestão Hospitalar; Gestão de contratos; Treinamento Físico; Ordem Unida e até mesmo disciplinas eminentemente operacionais como Uso da Força e Armas de Fogo e Policiamento Ostensivo Geral.

O investimento na saúde dos policiais militares, bombeiros militares e seus dependentes retorna para a população na forma de melhor prestação de serviço. O Governo do Estado, dentro das diretrizes de reestruturação das forças de segurança do programa Estado Presente em Defesa da Vida, manteve o concurso público que resultou no reforço dos quadros da unidade pela primeira vez desde a inauguração.

Casagrande lembrou que o HPM é voltado ao atendimento dos militares, mas que também pode ser utilizado, em casos excepcionais, para o atendimento à população em geral. “Por isso, esse investimento em nossa rede pública é fundamental, ainda mais em momentos como este que estamos vivendo. As nossas forças policiais estão trabalhando e se dedicando no enfrentamento à criminalidade. Por isso, ter uma estrutura é fundamental, também na área de saúde. A criminalidade é audaciosa, mas estamos mostrando resultado”, pontuou.

Além disso, o Governo do Estado investiu em diversas reformas necessárias para o melhor atendimento e funcionamento da unidade.

O secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, coronel Alexandre Ramalho, destacou a importância da valorização dos profissionais da área, com as melhorias promovidas no HPM, sinônimo de orgulho da Corporação.

“Diariamente nossos policiais militares dedicam suas vidas para proteger a sociedade. Nada melhor do que ter estrutura para cuidar da saúde, até como forma de reconhecimento, algo que o governador Renato Casagrande tem buscado todos os dias. Investindo na estrutura

para dar as melhores condições de trabalho possíveis. O HPM é um patrimônio importante e sinônimo de orgulho. Parabenizo a todos pela formatura e desejo uma grande jornada aos novos oficiais médicos”, afirmou Ramalho.

O comandante-geral da PMES, coronel Douglas Caus, agradeceu ao Governo do Estado pelo entendimento da necessidade de recompor os quadros do HPM, ampliando o atendimento prestado aos policiais.

“Essa data representa um marco histórico da nossa instituição. Temos que agradecer ao nosso governador Renato Casagrande pelo interesse em oxigenar o HPM e realizar os investimentos. A última turma formada foi em 1993. Após 28 anos apresentamos à sociedade esses honrados profissionais. Estamos em uma busca incessante de melhorar nossos serviços para a família militar estadual. É uma necessidade diante da árdua missão que os profissionais exercem. A gente valoriza o trabalho e a dedicação dos nossos profissionais quando apresentamos investimentos nessa unidade”, expressou.

Leia mais

Leia também