PM que agrediu frentista tem licença renovada por mais 60 dias

O sargento da Polícia Militar Clemilson  Silva de Freitas, que foi flagrado por uma câmera de segurança agredindo um frentista em um posto de gasolina em Vila Velha, na Grande Vitória, em janeiro deste ano, obteve uma nova licença médica – a quarta neste ano – nesta terça-feira (27) e continuará longe das atividades por mais 60 dias.

De acordo com a Polícia Militar, ele está respondendo a um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) de rito sumário, que está em andamento na Corregedoria da PM e não tem data para ser finalizado.

Ainda segundo a PM, Clemilson permanecerá fora das atividades na rua até o final do processo, quando será definido se ele será punido ou não. Por enquanto, o sargento segue recebendo o salário de R$ 5.451,53.

A nova licença foi concedida após o militar passar por uma avaliação médica. Esta é a quarta vez este ano que o militar pede afastamento por motivo de saúde. A primeira licença teve início no dia 28 de janeiro, cinco dias após a agressão ao frentista e durou 148 dias. Já a segunda vigorou entre 24 de junho e 25 de agosto. Na sequência, ele obteve uma terceira licença,que terminou nesta terça-feira (27).

Além da investigação em âmbito administrativo, o Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJ-ES) também aceitou a denúncia de agressão contra o policial, que foi feita Ministério Público do Espírito Santo (MPES). A primeira audiência do caso está marcada para o dia 24 de novembro.

Informações: G1


Leia mais

Leia também