PM é ferido na cabeça por disparo durante troca de tiros com criminosos no ES

Um policial militar ficou ferido ao ser atingido por um tiro na cabeça durante um tiroteio com criminosos, na madrugada deste domingo (02), em Barramares, Vila Velha, cidade da Grande Vitória.

A Polícia Militar foi acionada devido a denúncia de que criminosos armados estariam andando pelas ruas do bairro.

“Houve um confronto no dia anterior entre traficantes. A equipe da Força Tática foi acionada após a denúncia e fez uma incursão a pé, momento em que se deparou com indivíduos armados. Visualmente, os policiais identificaram três pessoas com armas em mãos e deram voz de prisão. A ordem não foi acatada e os suspeitos atiraram. Os militares, prontamente, reagiram para revidar injusta agressão”, descreveu o subtenente Gomes, da Força Tática do 4ª Batalhão da Polícia Militar.

Uma testemunha contou que estava no quintal de casa, junto de familiares, quando o tiroteio começou.

“Escutamos os tiros e parecia que estavam dentro de casa. Tivemos que ficar abaixados. A polícia chegou e os bandidos pularam os muros entrando nos quintais. Os policiais foram atrás, trocaram tiros até pegar os que corriam. Tinha crianças brincando, puxei minhas filha de dois anos pra dentro de casa pelo pé”, contou uma moradora que não será identificada por questão de segurança.

Durante o confronto, um policiais militar foi atingido por um tiro na cabeça. O disparo acertou de raspão o militar, que foi socorrido para o Hospital Antônio Bezerra de Faria, em Vila Velha, e, posteriormente levado para o Hospital Estadual de Urgência e Emergência (HEUE). Após atendimento e exames necessários, ele recebeu alta médica ainda no final da tarde de domingo.

Equipes da Companhia Independente de Missões Especiais (Cimesp) e guarnições do 4ª Batalhão deram reforço na região e houve uma segunda troca de tiros. Durante a ação policial, nove pessoas foram detidas e armar, drogas e rádios comunicadores foram apreendidos. O material foi localizado pela equipe K-9 do cão Jaffar.

Os nove detidos foram encaminhados para o plantão do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), em Vitória. Até a publicação desta reportagem, a ocorrência não havia sido encerrada, segundo a Polícia Civil, impossibilitando informar quantos ficaram detidos e por quais delitos.

Informações: G1

Leia mais

Leia também