PM apreende armas, drogas e munições após tentativa de homicídio em Boa Esperança

A Polícia Militar apreendeu de armas de fogo, munições e drogas, após uma tentativa de homicídio no bairro Boa Mira, em Boa Esperança.

Segundo a PM, após denúncia de diversos disparos contra a residência de um jovem de 19 anos, os militares se deslocaram até o local, tomando conhecimento das características dos acusados. Um deles, de 18 anos, fugiu mas foi alcançado e detido logo em seguida.

De acordo com a Polícia, com ele foi encontrado um jet loader – remuniciador rápido para revólver – vazio, R$ 30 e um celular. Ao ser perguntado sobre possíveis armas de fogo, ele confessou onde as havia dispensado.

No local informado, os policiais encontraram dois revólveres, sendo um calibre 32, com numeração ilegível e com seis munições intactas, e outro calibre 38, também numeração ilegível, carregado com seis munições também intactas.

A PM disse que um outro suspeito, de 23 anos, foi localizado na rua Joaquim Honório de Castro, usando a mesma camisa que os solicitantes relataram na denúncia. Ao ser perguntado o que fazia no local, ele não soube informar e nem para onde estava indo. No entanto, nada de ilícito foi encontrado com ele, que foi conduzido à presença da autoridade policial para prestar esclarecimentos.

Segundo a PM, um terceiro envolvido, de 25 anos, proprietário da casa que foi alvo dos disparos e conhecido pelas polícias Militar e Civil, fugiu portando uma arma de fogo, não sendo possível alcançá-lo.

De acordo com a PM, na residência foi encontrada uma capa de colete balístico contendo duas placas, um documento de identidade, uma pedra grande e 65 pedras menores de crack, 25 buchas grandes e cinco buchas pequenas de maconha, uma espingarda de fabricação caseira, duas munições calibre 44, 13 munições calibre 380, 79 munições calibre 38, 37 munições calibre 32, quatro jet loader, quatro celulares.

Ainda conforme a PM, parte das munições calibre 38 foram encontradas
acopladas em quatro jet loaders, com capacidade para seis munições, cada.

Para localizar a droga que estava escondida na residência, foi utilizada a cadela Jade, da equipe K9, que encontrou os entorpecentes dentro de um cesto contendo roupa suja, embalado em uma bolsa.

A vítima relatou que os indivíduos chegaram em sua residência atirando e que, possivelmente, o alvo era uma jovem que esta estava na residência e que tem envolvimento com o tráfico de drogas em uma quadrilha rival, no bairro João Alves.

De acordo com a PM, uma segunda casa alvo dos criminosos foi na mesma rua Joaquim Honório de Castro, sendo efetuado cerca de seis disparos na residência, que ficou com a janela de vidro quebrada e a parede perfurada. No local, não havia ninguém no momento, mas populares relataram que o morador é conhecido no bairro.

Os detidos, juntamente com os materiais apreendidos, foram encaminhados para a delegacia de Pinheiros.

Leia mais

Leia também