PM acusado de estuprar a filha passa por audiência no Espírito Santo

A primeira audiência do processo em que um soldado da Polícia Militar é acusado de abusar sexualmente da filha, na época com 13 anos, aconteceu nesta quarta-feira (12), em Vila Velha, na Grande Vitória. A informação é de André Falcão, da TV Gazeta.

A vítima e a mãe dela estiveram frente a frente com o militar. Pela primeira vez, a mãe da menina, e ex-mulher do policial, falou sobre o caso.

O caso veio a tona em agosto do ano passado. Na época, a menina tinha 12 anos e contou para mãe por mensagem de áudio sobre o estupro que havia sofrido. A filha do soldado disse também que essa não havia sido a primeira vez que o pai a molestava .

Em 2019, o soldado foi acusado de estuprar a filha de uma vizinha, de 16 anos. A mãe da adolescente contou que a filha havia ingerido bebida alcoólica e, enquanto dormia, foi estuprada pelo soldado da PM.

Já em 2020, o militar deu entrevista à TV Gazeta afirmando que não havia abusado sexualmente de nenhuma das adolescentes.

Desde dezembro do ano passado, o policial militar está preso no Quartel do Comando Geral (QCG) de maruípe desde dezembro do ano passado.

A ex mulher dele espera que o soldado continue preso e pague pelos crimes que cometeu.

Mãe relata que depois de abuso, policial mandou mensagem pedindo desculpa, no ES — Foto: Reprodução/ WhatsApp

Mãe relata que depois de abuso, policial mandou mensagem pedindo desculpa, no ES — Foto: Reprodução/ WhatsApp


Leia mais

Leia também