Plano Safra 2020/2021 destinará mais de R$236 bilhões aos produtores rurais

lançamento do plano safra

Lançamento do Plano Safra 20/21, no Palácio do Planalto, nesta quarta-feira (17)
– Foto:
Isac Nóbrega/PR

O Plano Safra 2020/2021 contará com R$ 236,3 bilhões, um aumento de R$ 13,5 bilhões em relação ao anterior. Segundo o Ministério Agricultura, é o maior plano já anunciado na história, e, novamente, vai priorizar os pequenos e médios produtores. Os recursos vão garantir a continuidade da produção no campo e o abastecimento de alimentos no país.

Do total de recursos, R$ 179,4 bilhões serão destinados para custeio e comercialização e R$ 57 bilhões para investimentos nos diversos setores produtivos do agronegócio. Os financiamentos podem ser contratados de 1º de julho de 2020 a 30 de junho de 2021.

“Neste momento desafiador, pelo qual ainda passam o Brasil e o mundo, se torna ainda mais importante garantir a nossa próxima colheita, para que continuemos a bater recorde de produção de alimentos”, afirmou a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina em cerimônia no Palácio do Planalto junto com o presidente da República, Jair Bolsonaro.

“Em meio a tantas adversidades, temos de agradecer por conseguir manter a oferta de alimentos, em quantidade e qualidade, nas Ceasas, supermercados e feiras”, destacou. “Acredito que agora, depois de enfrentarmos essa pandemia, nós, brasileiros, saberemos valorizar mais quem está no campo e faz chegar à nossa mesa comida farta e de qualidade”.  

O plano lançado prevê aos pequenos agricultores rurais R$ 33 bilhões para financiamento em atividades agropecuárias, por meio do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), e os médios produtores rurais, R$ 33,2 bilhões por meio do Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp). Demais produtores e cooperativas vão contar com recursos da ordem de 170,17 bilhões de reais.

Houve redução em todas as taxas de juros dos programas contemplados pelo Plano Safra 2020/2021 que vão variar de 2,75, a 7,5% ao ano.

Destaques do Plano Safra 2020/2021

O recurso do Seguro Rural no Plano Safra 2020/2021 será de R$ 1,3 bilhão de reais. “Este ano, tivemos uma seca monumental. Há 15 anos o Rio Grande do Sul não tinha a seca pela qual passou agora. E se não fosse o seguro rural, que muitos produtores tomaram, talvez a situação seria muito pior a que temos lá hoje”, explicou a ministra.

Segunda a ministra da Agricultura, os investimentos no Plano Safra 2020/2021 também cresceram, em média, 29% em inovação tecnológica, armazenagem, irrigação, agricultura e pecuária de baixa emissão de carbono. “Isso é o que precisamos para mostrar pro mundo que a agricultura brasileira é sustentável e trabalha sim em busca da modernidade. A Embrapa tem nos dado todo o suporte para mostrarmos lá fora essa agricultura tropical que só nós temos e que trabalha com baixa emissão de carbono”, disse.

 “Semear, plantar, cuidar, esperar florescer e enfim colher os frutos da terra é e sempre será algo essencial e belo. Uma atividade totalmente ligada à natureza só pode ter como caminho a busca da sustentabilidade. O incentivo à produção sustentável tem destaque neste Plano Safra, que vem com mais recursos e melhores condições de financiamento, a juros mais baixos.”, acrescentou. 

Neste ano, foram destinados 33,3% a mais de recursos para o programa Inovagro, que financia estações meteorológicas e produção de bioinsumos; e 43,4% a mais para o Moderinfra, de irrigação.

Previsão Safra 2019/2020

Ao anunciar o Plano Safra, a ministra também disse que o setor do agronegócio está pronto para contribuir com a retomada econômica do Brasil pós pandemia. No primeiro trimestre deste ano, enquanto outros setores sofreram retração, a agropecuária cresceu 1,9%. “Esse cenário, presidente, nos dá a convicção de que a agropecuária brasileira será um dos principais motores da retomada econômica após a Covid-19, que impôs uma situação dramática, nunca vista, em esfera global”, afirmou.

Tereza Cristina destacou ainda a expectativa para a safra 2019/2020. O esforço do governo Jair Bolsonaro para viabilizar esse Plano Safra é um reconhecimento às conquistas e ao potencial do setor que está pronto para contribuir para a retomada econômica. Destacamos as boas previsões para este ano:  um aumento da área plantada e a colheita de safra recorde de grãos, estimada em 250,5 milhões de toneladas (3,5% superior à safra anterior). É importante frisar ainda que a contratação de crédito rural na safra passada foi a maior já verificada, somando R$ 207 bilhões”, ressaltou.

Leia mais

Moradora alerta para fogo em mata no início da noite em Barra de São Francisco; áudio

Uma moradora alertou os Bombeiros de Barra de São Francisco na noite desta quarta-feira (2) sobre um incêndio na cidade. Através do whatsapp ela conseguiu que...

Cursos on-line estão com inscrições abertas para professores da Rede Estadual

A Secretaria da Educação (Sedu), por meio do Programa Sedu Digital, em parceria com a Fundação...

Auxílio para transporte público nos municípios terá votação na semana que vem

O projeto de socorro financeiro para o setor de transportes coletivos no Brasil, ficou marcado para ter votação na semana que vem na Câmara...

Leia também

INDICADORES: Café sofre elevação no preço nesta sexta-feira (25)

A saca de 60 quilos do café arábica começou a sexta-feira (25) com alta de 0,34% no preço e é vendida a R$ 536,31...

Nova Lei do Gás tende a baratear custos de produção para a indústria capixaba

Na vanguarda da modernização do mercado de gás natural, o Espírito Santo pode se beneficiar ainda mais com aprovação da Nova Lei do Gás...

Trabalhador morre após ser atingido por pedras de granito no Norte do Espírito Santo

Um trabalhador morreu atingido por uma pedra granito, na manhã desta quarta-feira (24), em Aracruz, no Norte do Espírito Santo. O corpo foi encaminhado...

TSE determina volta de prefeito de Conceição da Barra ao cargo

O Ministro Alexandre de Moraes do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou, na noite desta quarta-feira (23), o retorno do prefeito Francisco Vervloet (PSDB), de...