“Plano Biden é uma ruptura decisiva com o neoliberalismo”, diz Mercadante


O ex-ministro Aloizio Mercadante, em entrevista à TV 247, afirmou que o plano trilionário para recuperação da economia norte-americana lançado pelo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, é uma “ruptura” com o neoliberalismo e tem inspirações no New Deal e no Plano Marshall.

“É uma ruptura com esse ultraneoliberalismo, com esse neoliberalismo que há 40 anos está presente, desde o [Ronald] Reagan, atravessou todos os governos, inclusive dos democratas. Se você pegar o [John F.] Kennedy, o governo Obama, o governo Clinton, dos democratas, eles não romperam com essa lógica neoliberal. O plano Biden é uma ruptura, uma ruptura decisiva. Ele se inspira e publicamente assume que foi beber no [Franklin D.] Roosevelt, foi beber no New Deal, na saída da crise de 1929”, afirmou Mercadante, destacando que o plano de recuperação econômica do senador Bernie Sanders, que disputou ao lado de Biden a vaga para candidato a presidente dos EUA pelo Partido Democrata, é ainda mais avançado.

Mercadante afirmou que o Brasil também precisa adotar um plano parecido para se recuperar, colocando o Estado como válvula de escape da crise. “Você pode olhar na história americana dois momentos parecidos, o New Deal e o pós-guerra, o Plano Marshall. Tanto que lá atrás, quando a gente discutia o nosso plano, eu até cheguei a falar: ‘olha, vamos ter que fazer uma mistura entre o New Deal e o Plano Marshall para reconstruir a economia brasileira’. O que é a mudança de atitude? O Estado passa a ser o grande indutor da recuperação econômica”.

Inscreva-se na TV 247, seja membro e compartilhe:

Joe Biden e Aloizio Mercadante

Joe Biden e Aloizio Mercadante (Foto: Reuters | Felipe L. Gonçalves/Brasil247)

Leia mais

Leia também