Pessoas em situação de rua ganham ceia de Natal em praça de Vitória

Compartilhe

Promovida pela Pastoral do Povo da Rua, da Paróquia São Francisco de Assis, a ceia aconteceu na noite desta segunda-feira (13) em Jardim da Penha.

Por Caíque Verli, g1 ES e TV Gazeta

Pratos cheios nas mãos e sorrisos no rosto. Essa era a expressão das cerca de 30 pessoas em situação de rua ou de vulnerabilidade social, que participaram de uma ceia de Natal ao ar livre em uma praça do bairro Jardim da Penha, em Vitória, na noite desta segunda-feira (13).

Promovida pela Pastoral do Povo da Rua, da Paróquia São Francisco de Assis, que ajuda pessoas que não têm onde morar, o momento de confraternização não só saciou a fome de quem muitas vezes não tem o que comer, mas também foi o momento de reforçar que a responsabilidade pela promoção de uma sociedade mais justa e igualitária é todos.

“A principal mensagem não é para os moradores de rua. A mensagem que fica é para nós, nossa responsabilidade com nossos irmãos em situação de rua. Eles são filhos e filhas de Deus, são nossos irmãos e tem direito a uma vida digna, uma casa. E por isso temos que lutar. É direito de todo ser humano ter seu trabalho, seu teto, seu chão”, disse Dom Dario Campos, arcebispo de Vitória, que realizou uma celebração antes da ceia.

A noite de acolhimento foi também o momento de contar e de ouvir histórias, como a de Sanderson Bittencourt. Ele, que nasceu em Mantena, Minas Gerais, vive nas ruas da capital desde 2018, depois de já ter trabalhando tanto no Norte do Espírito Santo quanto em outras cidades da Grande Vitória.

“Eu sou médico. Mas atualmente estou em situação de rua. Porque eu tenho dependência química e transtorno bipolar do humor. Isso contribuiu pra que eu esteja desempregado”, contou.

A partilha também foi feita entre pessoas que, apesar de terem onde morar, vêm enfrentando dificuldades para sustentar a família, especialmente em razão da crise financeira gerada pela pandemia da Covid – 19.

O auxiliar de serviços gerais Alexandre Santana, de 44 anos, é um exemplo.

“Nesse tempo meu serviço caiu muito. Tem mês que não dá para pagar aluguel. Não está tendo alimento. Tenho meu filho. É muito difícil”, disse.

O auxiliar de serviços gerais Alexandre Santana (de azul, à direita) dividiu a mesa com os colegas durante a ceia de Natal

O auxiliar de serviços gerais Alexandre Santana (de azul, à direita) dividiu a mesa com os colegas durante a ceia de Natal

A ceia de Natal antecipada é organizada pela paróquia desde 2016, mas no ano passado ela não aconteceu em razão da pandemia. Esse ano, com a situação mais controlada, a paróquia pôde retomar a ação social.

“A gente fica até emocionado de ouvir essas histórias. A gente precisa pensar que poderia ser qualquer um de nós. Não julgar, mas tentar ajudar essa pessoa”, destaca Isabel Souza, coordenadora da Pastoral do Povo de Rua.

Dom Dario, no entanto, lembra que este é só o começo de uma luta que vai muito além.

“O melhor seria o dia que nós não precisássemos mais celebrar dando alimentação para os nossos irmãos na rua, mas embaixo do seu próprio teto. É para isso que temos que lutar, para fazer com que todos se sintam filhos e filhas de Deus com a mesma igualdade”, lembrou.

Pessoas em situação de rua participaram de ceia de Natal em praça de Jardim da Penha, em Vitória

Pessoas em situação de rua participaram de ceia de Natal em praça de Jardim da Penha, em Vitória

Leia também

Faltam 8 dias para a realização da I Exponoroeste no centro de Barra de São Francisco

Faltam pequenos detalhes para que as tendas fiquem montadas para a realização da I Exponoroeste, Feira de Economia...

Governo garante material para concluir pavimentação em Vila Paulista

O presidente da Câmara Municipal, vereador Ademar Antônio Vieira, o Lemão Vitorino, anunciou nesta sexta-feira, 20, nas redes...

Grupo Guidoni abre vagas de emprego para Barra de São Francisco e outras cidades; confira

O Grupo Guidoni, multinacional no ramo rochas ornamentais, materiais e soluções de revestimento, está com vagas abertas para: ...

Prefeitura constrói mais uma ponte e três bueiros no interior do município

A Prefeitura de Barra de São Francisco, através da Secretaria Municipal de Transportes e Estradas (Semte), entregou às...

Brasil fecha Surdolimpíadas com o maior número de medalhas da história

O Brasil encerrou a participação nas Surdolimpíadas de Verão (Summer Deaflympics), no último domingo (15/05), em Caxias do...

Pagamento do IPTU deve ser feito até o dia 11 de julho para quem quer concorrer a prêmios

A Prefeitura Municipal de Barra de São Francisco lança a campanha “IPTU PREMIADO. Com seu IPTU em dia...

Acadepol realiza curso prático de tiro e direção defensiva

  A Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), por meio da Academia de Polícia Civil (Acadepol), deu início, nesta...