Pernambuco e Ceará receberão R$ 61,5 milhões para obras de distribuição de água

MDR garante R$ 61,5 milhões para obras de distribuição de água no Nordeste

– Foto:
Divulgação/MDR

O Cinturão das Águas do Ceará e o Ramal do Agreste Pernambucano receberão investimento de R$ 61,5 milhões para garantir o abastecimento de água para locais que sofrem com longos períodos de seca. Deste total, o Governo Federal investiu R$ 41,1 milhões no Ceará, e R$ 20 milhões para o estado de Pernambuco. Os recursos, do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), são para assegurar a continuidade e celeridade das obras nas regiões.   

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, destaca a importância da destinação de recursos ao Trecho I do Cinturão das Águas do Ceará. “Além da a importância de garantir segurança hídrica a todas essas pessoas, estamos fomentando a manutenção de empregos e contribuindo com a economia local, sobretudo nesse momento de pandemia causada pela Covid-19. É o compromisso do Governo Federal com o povo do Nordeste”. 

O Cinturão das Águas, executado pelo Governo do Ceará com apoio financeiro da União, beneficiará 4,5 milhões de moradores só na Região Metropolitana de Fortaleza. Os 53 quilômetros prioritários já estão aptos a transportar as águas do São Francisco.

Os recursos são destinados ao Trecho I do CAC, que tem 145 quilômetros de extensão, e serão liberados de acordo com a execução das obras. Os 53 quilômetros prioritários já estão aptos a transportar as águas do São Francisco à Bacia do Rio Jaguaribe e, posteriormente, ao Açude Castanhão. A previsão é que essa entrega comece a ser feita até agosto deste ano.

Água para 2,2 milhões de pernambucanos

Com os recursos de mais R$ 20 milhões nos últimos dias, o Ramal do Agreste vai garantir água a região de maior escassez hídrica em Pernambuco. A obra que levará águas do Projeto de Integração do São Francisco já atingiu 54,95% de execução física. 

Hoje, parte dos trabalhos em campo está concentrada na Estação de Bombeamento, estrutura que ajudará a superar uma diferença de nível de 220 metros para a passagem da água. As equipes também atuam na construção de 43,4 quilômetros de canais, seis túneis, cinco aquedutos, uma adutora de 7,2 quilômetros e dois reservatórios. No total, os serviços empregam 2,6 mil trabalhadores.

Mais de 2,2 milhões de moradores de 70 cidades na região serão atendidos, incluindo os municípios de Caruaru, Santa Cruz do Capibaribe, Belo Jardim e Arcoverde.

 

Leia mais

Cidades do Noroeste do ES fazem racionamento de água

A seca se agrava e já tem município fazendo racionamento de água na região Noroeste. Em...

Auxílio Emergencial chega a 55,9 milhões de pessoas

Lote da primeira parcela do Auxílio Emergencial está sendo pago para mais 8,3 milhões de beneficiários entre 19...

Polícia apreende drogas em Nova Venécia com apoio da cadela Jade

Policiais militares da Força Tática e a equipe...

Leia também

Estados e municípios têm até o dia 30 de outubro para aderir ao Tempo de Aprender

O Tempo de Aprender tem o propósito de enfrentar as deficiências da alfabetização no Brasil. Foto: Banco de imagens Com foco em aprimorar a alfabetização...

Violações de direitos humanos podem ser denunciadas pelo WhatsApp

A denúncia recebida será analisada e encaminhada aos órgãos de proteção. Foto: Banco de imagens O Disque 100 e o Ligue 180 chegaram ao WhatsApp....

Empresa Simples de Crédito e Cadastro Positivo surgem como alternativas de crédito para micro e pequenas empresas

Nem sempre as condições são fáceis para que micro e pequenos empreendedores consigam crédito ou capital de giro para seus negócios. No ano passado,...

Unidades de Ensino Médio do Rio Grande do Sul estão com inscrições abertas para o processo seletivo até 16 de novembro

As escolas Sesi de Ensino Médio do Rio Grande do Sul estão com inscrições abertas ao processo de seleção para o 1º ano até...