Performance financeira do Bandes contribui para agência de rating classificar banco com nota AA

A agência internacional de classificação de risco de crédito, FicthRating, atribuiu ao Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes) a nota AA, na perspectiva nacional, mantendo a nota atribuída ao banco na avaliação divulgada em setembro do ano passado. Para esta classificação são considerados pela FicthRating em seu processo de avaliação dos aspectos econômico-financeiros, dos padrões de governança corporativa e da capacidade de crescimento do Bandes.

O rating pode ser chamado, em português, de classificação de risco, nota de risco ou classificação de crédito. Por meio desta metodologia realizada pelas agências de risco é possível avaliar a capacidade financeira de uma instituição. A atribuição de rating leva em conta uma série de variáveis para definir o nível de risco de inadimplência do agente financeiro. São estudados aspectos sociais, econômicos e políticos para estabelecer a classificação de risco, assim como características da própria instituição.

Com a nota AA, o Bandes se credencia, entre outras possibilidades, para ampliar a captação de recursos em bancos multilaterais internacionais. Este processo é uma inovação adotada pelo banco como forma de ampliar os recursos disponíveis para empresários capixabas. Ele já foi iniciado com alguns bancos como o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), a Corporação Andina de Fomento (CAF) e o Fundo Financeiro para Desenvolvimento da Bacia do Prata (Fonplata), entre outras instituições.

O diretor-presidente do Bandes, Munir Abud de Oliveira, destaca que o rating, reflete a consistência da forte performance financeira da instituição e consolida a imagem do banco capixaba para os mercados nacional e internacional.

“Vemos com bastante otimismo a manutenção da classificação do Bandes pela FicthRating com a nota AA. Este reconhecimento nos permite reforçar nosso empenho em captar recursos com custo operacional mais baixo e, assim, oferecer ao empresariado, programas de fomento e linhas de financiamento que permitam o desenvolvimento e fortalecimento da economia capixaba”, destaca Munir Abud. Entre os aspectos considerados como positivos na avaliação da agência Fitch Ratings, merece destaque o resultado da mudança estratégica do Bandes, direcionando as operações de qualidade para apoiar negócios nos segmentos de indústria e serviços e no setor público, por meio de crédito para os municípios.

O resultado também traduz a opção adotada pela gestão para a reclassificação de operações da carteira de crédito em níveis de risco adequados, além de melhorias consistentes da eficiência operacional do banco, que atua há mais de cinco décadas no fomento da economia do Espírito Santo.

A agência considerou ainda como um aspecto positivo o modelo adotado pelo Bandes em seus controles internos, compliance e gestão de riscos. Outro aspecto destacado no relatório da agência e que colaborou para a boa avaliação da instituição foi a nota A dada ao Governo do Espírito Santo pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN), no que diz respeito à Capacidade de Pagamento do Estado (Capag). Este indicador tem impacto na avaliação do banco, pois o Bandes é uma sociedade de economia mista, com controle majoritário do Governo do Estado.

Informações sobre linhas de financiamento:
www.bandes.com.br
faleconosco@bandes.com.br
Bandes Atende: 0800 283 4202
App disponível para Android e iOS


Leia mais

Leia também