Vereador eleito de Nova Venécia vai plantar uma árvore para cada voto que teve

Pedro Pestana Gonçalves, 30 anos, foi eleito vereador de Nova Venécia com 569 no último dia 15, após uma trajetória na vida pública, iniciada na Secretaria de meio Ambiente, pasta que assumiu como secretário em 2017. Antes disso, o veneciano atuou na mesma Secretaria, no cargo de analista ambiental, por oito anos consecutivos.

Geógrafo e Técnico em Meio Ambiente, Pedro se formou também em uma das maiores escolas formadora de políticos do País, a RenovaBR, local que estudou após passar por uma seleção, fazendo dois cursos presencias por lá.

Filho dos produtores rurais João Gonçalves e Eliane Pestana Gonçalves, Pedro narra na entrevista como e porque foi eleito, desafio conquistado mesmo sendo a primeira vez em que se candidatou a vereador.

Vereador

“A vontade de ser vereador surgiu da necessidade de sempre querer fazer mais e ser impossibilitado pelos superiores. Então, percebi que a política só poderia ser feita para pessoas comuns, quando as pessoas comuns estiverem na política. Foi então que, me inscrevi no curso do Renova BR, e após a seleção, fiz dois cursos presenciais na escola. Foi então que, despertou em mim o anseio por justiça, inovação e vontade de fazer diferente”.

Votação expressiva

“Eu sempre acreditei que seria possível ser eleito. Primeiro conversei com minha base, minha família e eles me apoiaram “de cara”. Logo após comecei a estudar política e estudei muito, pesquisei o histórico eleitoral veneciano e montei depois de muito esforço, uma estratégia audaciosa. Fizemos uma campanha limpa, sem dinheiro público, sem populismo, não prometemos nada que não pudéssemos cumprir. Lidamos com a verdade a todo tempo e, principalmente, nunca deixei e nunca deixarei de ser o Pedro que todos conhecem. Isso me ajudou. Foi uma campanha linda. Fui eleito com 569 votos dos meus amigos e familiares. Cada um deles trouxe mais um, e o resultado foi esse”.

Política x assistencialismo

“Eu sinceramente acredito que o assistencialismo na política está com o tempo contado. Mas essas eleições, em especial para o legislativo veneciano, ainda não comprova isso. Mas no que depender de mim, isso acaba agora. Serviços essenciais são direito da população, não cabe a vereador lotear exames, ambulâncias ou qualquer outro serviço”.

Bandeira

Minha bandeira é a inovação, eu quero uma cidade inteligente, didática, capaz de aproximar o meu mandato de vereador ao eleitor. Para isso utilizaremos a tecnologia disponível gratuitamente pelo mundo, através do aplicativo de celular “Tem Meu Voto”, que utilizarei no meu mandato.

Mandato conectado

“O aplicativo “Tem Meu Voto” é um aplicativo de celular capaz de revolucionar a forma de fazer política. Nele você poderá me sugerir pautas, votar junto comigo, me notificar de um problema no seu bairro ou comunidade. Nele estarão discriminadas todas as informações pertinentes ao meu mandato e principalmente, você poderá me fiscalizar e saber o que eu estou fazendo com dinheiro do imposto que você paga, para a prefeitura fazer o que deve. A população já pode se cadastrar nele pelo endereço: temmeuvoto.org. A partir de 01 de janeiro, iremos começar a colocar tudo em prática”.

Iniciativas

“Entre meus projetos, tenho 19 ideias para Nova Venécia, divididas em três eixos: “Cidade, Criatividade e Sustentabilidade”. Teremos iniciativas válidas e úteis vindo por ai!”.

Meio Ambiente

“Em forma de retribuição, irei plantar uma árvore para cada voto que recebi nas eleições. A defesa do meio ambiente é algo que está no meu sangue desde criança, eu sou realmente apaixonado pela natureza e por tudo que ela nos oferece defendê-la é minha obrigação. O meio ambiente terá uma atenção especial em meu mandato”.

Agradecimentos

“Agradeço a cada eleitor que votou em mim. Sei que teve gente que confiou seu voto a mim e eu não conheço, pois gostaram das minhas idéias, dos meus projetos. Agradeço a minha família e aos meus amigos, eles foram essenciais nessa vitória. Muito obrigado!”.

Fonte: Cintia Zaché / redenoticiaes

Leia mais

Daniel da Açaí, do PSDB, é reeleito prefeito de São Mateus

  Daniel Santana, do PSDB, FOI reeleito, neste domingo (15), prefeito de São Mateus (ES) para os próximos quatro anos. Ao fim da apuração, Daniel...

Anatel prevê leilão do 5G no final do primeiro semestre de 2021

Integrantes da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e o ministro das Comunicações, Fábio Faria, reuniram-se na tarde desta terça-feira (24) com o presidente Jair...

Tribunal de Contas do Paraná vai fiscalizar produção da vacina russa contra Covid-19

O Tribunal de Contas do Estado irá fiscalizar a produção da vacina russa contra Covid-19, no Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar). A fabricação...

Leia também

Sortudo! Apostador capixaba leva prêmio de R$ 1,6 milhão na Lotofácil

O fim de semana começou muito mais feliz...

Mantenópolis volta para o vermelho no Mapa de Risco para a Covid-19

O Governo do Espírito Santo anunciou nesta sexta-feira (4) o 34º mapa de risco da Covid-19, que terá vigência entre a próxima segunda-feira (7)...

Jovem de Nova Venécia que venceu cinco cânceres morre aos 22 anos

A jovem digital influencer veneciana, Anna Luiza Nicolau Evangelista, de 22 anos, morreu na manhã deste sábado (05), no Hospital Meridional, em São Mateus. Segundo Ancilia Nicolau,...

Alerta de tempestade, chuva forte e granizo para 18 cidades do ES

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) estendeu...