Pedro Castillo é eleito presidente do Peru


Sputnik – Considerado de esquerda, Pedro Castillo foi eleito presidente do Peru nesta terça-feira (15), derrotando a candidata de direita Keiko Fujimori.

O socialista Pedro Castillo, do Peru Libre, venceu o segundo turno das eleições presidenciais com 50,125% dos votos válidos. Keiko Fujimori, da Fuerza Popular, terminou com 49,875%, segundo dados do Escritório Nacional de Processos Eleitorais (ONPE, na sigla em espanhol). Castillo recebeu 8.835.579 votos, 44.058 a mais do que Fujimori.

A eleição, que expôs fortes divisões no país andino, ainda enfrenta possíveis contestações legais de Fujimori, que fez acusações de fraude, embora sem apresentar evidências que sustentem sua afirmação.

‘Não devemos usar palavras inapropriadas’

Horas antes do resultado final, o presidente peruano, Francisco Sagasti, rejeitou o uso da palavra “fraude” para caracterizar o segundo turno das eleições presidenciais do país.

“O que você tem que fazer é ter confiança [nas autoridades eleitorais], acho que não devemos nos apressar, muito menos usar palavras totalmente inapropriadas como fraude, e vamos esperar os resultados com tranquilidade, com calma”, disse Sagasti nesta terça-feira (15).

Promessas do novo presidente

Durante a campanha, Castillo prometeu redigir uma nova constituição para dar ao Estado mais controle sobre a economia.

No primeiro turno, o socialista não liderava as pesquisas, porém, após prometer nacionalizar o gás advindo do projeto Camisea, o mais importante do país, e afirmar que aumentaria os investimentos em educação em até 10%, seu nome disparou nas pesquisas.