Pedida cassação do registro de candidatura de Carlos Von em Guarapari

A vereadora, e candidata a prefeita em Guarapari pelo Republicanos, Fernanda Mazelli, protocolou uma denúncia contra Carlos Von, do Avante, pelo crime de compra de votos.

A ação foi ajuizada nessa quinta-feira (5), no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-ES) e pede a cassação da candidatura do acusado. Na denúncia, Mazeli afirma que o candidato Carlos Von, e o vice, Rogério Zanon, comprometeram a lisura do processo eleitoral ao negociarem apoio político em troca de pagamentos com candidatos a vereador de outra coligação.

No documento consta que no dia 28 de outubro, Carlos Von organizou uma reunião com os candidatos do Republicanos, partido de Mazelli. O encontro teria acontecido no Comitê de Campanha dele, em Guarapari.

Na reunião, teria sido oferecida a quantia de R$ 500 do fundo partidário, uma “menina” para trabalhar na campanha e um emprego na Prefeitura para aqueles candidatos que conseguissem mais de 300 votos para Von.

O diálogo foi gravado, está todo transcrito na denúncia, com diversas citações a “pagamentos”, “depósitos”, “cargos públicos” e também ao Presidente Estadual do Republicanos, Roberto Carneiro.

Por meio de uma nota oficial, Fernanda Mazelli afirmou que com esse caso vindo a tona, está esclarecido o motivo de não ter recebido os recursos inicialmente prometidos para a sua campanha. A candidata também classifica como “vergonhoso” usar o fundo eleitoral como moeda de troca e exige explicações de onde foi parar o dinheiro previsto para as candidaturas femininas.

O candidato Carlos Von se manifestou afirmando estar sendo vítima de um jogo sujo e que a intenção de Mazelli é apenas tumultuar e ajudar o atual prefeito, Edson Magalhães.

Ele ainda disse que a gravação foi clandestina, criminosa e totalmente tirada do contexto. Segundo Von, a conversa foi feita pra explicar aos candidatos a vereador como é a estrutura de campanha que está sendo disponibilizada, de acordo com a prestação de contas.

Leia mais

Leia também