PE: Fiocruz sequencia 39 genomas do novo coronavírus em estudo que ajuda entender circulação do vírus

Um projeto elaborado pela Fiocruz Pernambuco realizou o sequenciamento genético de 39 genomas do novo coronavírus que circula no estado. A pesquisa levou em conta o sequenciador de DNA de alto desempenho do Núcleo de Plataformas Tecnológicas (NPT) da instituição. Liderado pelo pesquisador Gabriel Wallau, o estudo também contou com a colaboração do Lacen e de profissionais da Universidade Federal de Pernambuco.

A pesquisa identificou pelo menos duas introduções de linhagens europeias e a transmissão comunitária entre os municípios pernambucanos e de estados vizinhos. O resultado se deu a partir de amostras coletadas no início da pandemia.

O brilho em meio ao caos: como o Samu vem atuando em meio à maior crise sanitária do século

Entidades entregam Plano Nacional de Enfrentamento à Covid-19 ao Ministério da Saúde

Ao reduzir burocracia, novo marco legal pode acelerar liberação de testes clínicos em humanos

O objetivo da investigação é alcançar um total de 100 genomas sequenciados. A ideia é que os dados coletados sirvam como base para o entendimento sobre os padrões de espalhamento do vírus que causa a Covid-19. Além disso, os resultados devem ajudar no desenvolvimento de vacinas e no acompanhamento de sua efetividade junto à população local.
 

Foto: Arquivo/EBC

Leia mais

Leia também