PB: empresária defendia abrir comércio antes de perder marido por Coronavírus

Compartilhe

Uma comerciante de Santa Rita, na Grande João Pessoa, que defendia o funcionamento do comércio e chegou a zombar do “fique em casa”, gravou um vídeo para incentivar o isolamento social diante da pandemia do novo coronavírus. O marido dela, Marco Cirino da Cunha, de 57 anos, sargento reformado da Polícia Militar, morreu na última quinta-feira (30), por Covid-19.

Antes defensora do funcionamento do comércio e crítica do isolamento social, Silvana Cunha é dona de uma vidraçaria, mas hoje faz um alerta à população e implora que todos fiquem em casa.

“Há 15 dias, eu escutava essas palavras ‘fique em casa’ e até cheguei a zombar. Cheguei na loja e fiz um vídeo dizendo ‘fique em casa, mas quem vai pagar nossas contas no final do mês?’. Hoje eu digo, ‘fique em casa'”, relatou.

Após a morte do marido, Silvana fechou sua loja e foi para uma granja da família junto com o filho do casal, de 10 anos. Ela conta que a criança sente falta do pai.

“Essas palavras ‘fique em casa’ são muito pesadas pra mim hoje, porque eu não fiquei em casa, meu marido não ficou e infelizmente faleceu. Ontem eu senti o peso delas mais ainda, quando cheguei e meu filho olhou pra mim: ‘mãe, você salvou meu pai?’ e eu apenas disse que não”.

Segundo relata Silvana, Marco começou a apresentar os sintomas de coronavírus, como tosse seca e falta de ar, no dia 15 de abril. No dia 17, Silvana levou o marido até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Tibiri 2, onde foi diagnosticado com pneumonia.

“Implorei pelo exame de Covid porém o médico de plantão falou que não era sintomas de Covid. Ele fez alguns exames e diagnosticou pneumonia, passou um antibiótico e voltamos pra casa”, diz Silvana.

No dia 22, Silvana conta que Marco sofreu uma grande falta de ar e desmaiou. Ele foi levado novamente para UPA onde foi transferido para o Hospital da Polícia Militar General Edson Ramalho, em João Pessoa.

Ainda na UPA, Silvana chamou uma clínica particular para realizar o teste de coronavírus, e o resultado deu falso negativo.

No Edson Ramalho, foi feito um outro teste, que deu positivo para Covid-19. Marco foi entubado, transferido para o Hospital Metropolitano de Santa Rita e morreu no dia 30 de abril. Ele tinha diabetes e doença cardiovascular.

“Esse vírus humilha os seres humanos, porque ele nos faz sentir inválidos diante da situação. Nem um ‘Pai Nosso’ deixaram eu fazer para ele”, lamentou Silvana.

Marco, de 57 anos, morreu por Covid-19, na Paraíba — Foto: Silvana Cunha/Arquivo Pessoal

Marco, de 57 anos, morreu por Covid-19, na Paraíba — Foto: Silvana Cunha/Arquivo Pessoal

Silvana e o filho fizeram o teste para Covid-19 duas vezes, e todos os resultados foram negativos. Dona de uma vidraçaria em Santa Rita, Silvana fechou a loja e conta que tem sofrido preconceito na cidade devido à doença.

Agora Silvana alerta nas redes sociais para que a população de Santa Rita, com 162 casos confirmados até 6 de maio, fique em casa e se proteja.

Veja o vídeo 

Leia também

Inscrições abertas para o Concurso Público da Prefeitura Municipal de Barra de São Francisco

A Prefeitura Municipal de Barra de São Francisco - ES, no uso de suas atribuições legais, torna público...

Operação em Pinheiros apreende adolescente com drogas e homem portando arma de fogo

A Delegacia de Polícia (DP) de Pinheiros, em operação com a Polícia Militar do Espírito Santo (PMES), prendeu...

‘Não demonstraram emoção alguma’, diz delegado sobre pais suspeitos de matar filho de 2 anos

O delegado Alan Moreno de Andrade, titular da Delegacia de Homicídios Consumados de Vila Velha, responsável pela investigação...

Alegre disputa título capixaba da Copa Sesport e reanima torcedor depois de 20 anos

Sem ter alegria há 20 anos, desde que o Alegrense sagrou-se bicampeão capixaba de futebol profissional (2001 e...

Barra de São Francisco ocupa a 49ª posição no ranking de transparência; veja outras cidades

De todos dos 78 municípios do Espírito Santo, somente 11 tiveram o nível de transparência classificado como “ótimo”...

‘Frieza assusta’, diz delegado sobre filho que matou e incendiou o corpo do próprio pai no Sul do ES

  Ciclista Doramir Monteiro Silva, de 56 anos, estava desaparecido desde o final de junho Responsável pela investigação do caso...

Confira as fotos da inauguração da clínica de hemodiálise em Barra de São Francisco

A inauguração da clínica de hemodiálise (Med.Álise), na manhã deste sábado (02), em Barra de São Francisco, com...

Espírito Santo ganha primeiro avião-suíte; confira as fotos

  Aeronave será instalada em Divino de São Lourenço, sudoeste do estado, como atração principal de um condomínio residencial...