Pazuello se reúne com presidente da Fiocruz para discutir produção e distribuição da vacina contra a Covid-19

O ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, se reuniu nesta segunda-feira (31) com a presidente da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Nísia Trindade Lima, para discutir o cronograma de produção da vacina contra a Covid-19 no país. A presidente da Fiocruz ressaltou que a entidade está se esforçando para que os brasileiros tenham acesso à vacina no menor espaço de tempo. 

Inicialmente, segundo o Ministério da Saúde, o Brasil deve importar os produtos. A previsão é de que a vacina seja fabricada no país a partir de abril de 2021, na unidade técnico-científica Bio-Manguinhos. 

Vacina contra a Covid-19 começa a ser testada em voluntários de cinco estados e do DF

No final de junho, a pasta firmou parceria a empresa farmacêutica AstraZeneca para a produção da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford, no Reino Unido. Cerca de R$ 1,9 bilhão devem ser investidos para a produção e aquisição do produto no Brasil. 
 

Foto: Marcos Corrêa/PR

Leia mais

Leia também