Passageira denuncia motorista de aplicativo por estupro durante corrida no Espírito Santo

Uma mulher de 24 anos denunciou à polícia um motorista de aplicativo por estupro durante uma corrida na noite de quarta-feira (9), na Rodovia Leste-Oeste, em Vila Velha, na Grande Vitória. A informação é de Glacieri Carraretto e Daniela Carla, do G1 ES e TV Gazeta.

À polícia, a vítima contou que ela e uma amiga pediram uma corrida do bairro Cobilândia com destino ao Jardim do Vale. Após deixar a amiga em Cariacica, a vítima seguiu com o motorista para o outro destino.

No entanto, durante o caminho, segundo o relato da mulher à polícia, o motorista parou o veículo às margens da Rodovia Leste-Oeste alegando problemas mecânicos no carro, momento em que trancou as portas do carro e tentou agarra-la.

Ela conseguiu abrir uma das portas, e aos gritos e pedidos de socorro, se jogou ao chão para escapar do homem, que a seguiu e violentou sexualmente. O motorista voltou para o carro e deixou o local.

A mulher conseguiu pedir ajuda. Policiais militares foram chamados por amigas da vítima e a levaram para a delegacia, onde ela registrou o crime e informou o modelo e placa do carro e o nome do motorista aos policiais do Plantão Especializado de Atendimento à Mulher (PEM).

A vítima foi encaminhada a exames de lesão corporal no Departamento Médico Legal (DML) de Vitória.

A Polícia Civil investiga o caso e nenhum suspeito foi preso.

Plantão Especializado de Atendimento à Mulher (PEM)

Plantão Especializado de Atendimento à Mulher (PEM)


Leia mais

Leia também