Paralisada por guerra e sanções, estatal da Belarus que importa fertilizantes pode deixar o Brasil

Compartilhe

Foto: Reprodução/Internet
Foto: Reprodução/Internet

FÁBIO ZANINI – SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS)

A interrupção das importações de potássio da Belarus, agravada pela guerra na vizinha Ucrânia, completa 30 dias nesta quarta-feira (2), sem perspectiva de ser normalizada.

A situação levou à paralisia da filial da Companhia de Potássio Belarusso em Curitiba (PR). A empresa, uma estatal do país europeu que importa o fertilizante e revende para ser usado no campo, já cogita encerrar suas atividades no Brasil.

Governada pelo ditador Aleksandr Lukachenko há 28 anos, Belarus respondia até 2020 por 20% das importações brasileiras de potássio, ou quase 3 milhões de toneladas por ano.

O regime belarusso está sob sanções internacionais em razão da repressão do ditador à oposição, após eleições fraudadas em 2020. Sem acesso ao mar, o país depende de vizinhos para exportar. No começo do mês, a Lituânia, que escoava a produção, fechou as portas para o produto.

Um porto na Rússia está sendo planejado como alternativa, mas deve demorar ao menos dois anos para ficar pronto.

Curiosamente, Belarus tentou uma rota pela própria Ucrânia, que acabou inviabilizada pela guerra. Lukachenko é aliado do presidente russo, Vladimir Putin.

Com isso, a tonelada do potássio já pulou de US$ 250 há um ano para US$ 820 atualmente, aumento de 228%. Sem perspectiva de solução das questões geopolíticas a curto prazo, a estimativa é que o produto rompa em breve a barreira dos US$ 1.000 por tonelada.

Leia também

OMS espera que mais casos de varíola dos macacos surjam globalmente

A Organização Mundial da Saúde (OMS) disse que espera identificar mais casos de varíola dos macacos na medida...

Polícia descobre túnel na fronteira entre México e EUA

Um túnel recentemente descoberto de cerca de 500 metros sob a fronteira entre os Estados Unidos e o México...

Nova Venécia registra temperatura mais baixa dos últimos 10 anos

  O frio chegou para “pocar” em Nova Venécia na madrugada desta sexta-feira (20), registrando a temperatura mais baixa no...

Governo repassa quase R$ 200 milhões para o Espírito Santo

  O Governo Federal vai realizar, nos dias 20 e 24 de maio, o repasse de R$ 199,43 milhões...

Suspeitos são presos com drogas e armas em operação da Polícia Civil em Minas e no Espírito Santo

Pelo menos dez pessoas foram presas com drogas, armas e dinheiro durante uma operação realizada pela Polícia Civil...

Lideranças da região do Itaúnas já se mobilizam para audiência pública da ES-320

O líder do Comitê de Defesa da Bacia Hidrográfica do Rio Itáunas, José Carlos Alvarenga, o Carlinhos, assegurou...