Para combater efeitos da pandemia, Direitos Humanos amplia canais de atendimento

Disque 100

Canal Disque 100 foi ampliado para receber denúncias de violência doméstica
– Foto:
Banco de imagens

Com o objetivo de minimizar as violações dos direitos humanos durante o isolamento social, a Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos (ONDH), do ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), adotou uma série de medidas relacionadas ao tema. 

Uma das primeiras providências do órgão, logo no início da pandemia, foi a ampliação dos serviços de denúncia e amparo às pessoas em situação vulnerável. 

O ministério ampliou o atendimento no Disque 100 para brasileiros espalhados em mais de 50 países do mundo. Por meio do canal, eles podem fazer denúncias e obter informações relacionadas à Covid-19.  O órgão, inclusive, lançou um vídeo explicativo de como fazer essas ligações no exterior. 

Além disso, um canal exclusivo do Disque 100 foi aberto para denúncias de violações decorrentes do novo coronavírus. Até o momento, mais de nove mil denúncias já foram registradas.  

Violência doméstica

Uma preocupação do Ministério é a violência doméstica durante a pandemia. Para ajudar no enfrentamento desse tipo de violência, a Ouvidoria criou o aplicativo de celular Direitos Humanos BR e o site  www.ouvidoria.mdh.gov.br. O aplicativo está disponível para dispositivos com sistemas operacionais Android e iOS.

O chat do app e do site são uma maneira silenciosa de denunciar os abusos, uma vez que, em época de distanciamento social e confinamento, o agressor está ao lado da vítima 24 horas por dia.

Acessibilidade

A inclusão não ficou de fora dos serviços disponibilizados pela ouvidoria. Primeiro, em parceria com o Pátria Voluntária, ampliou-se o Disque 100 para atender e confortar idosos durante o período da pandemia.

Depois, pensando nas pessoas com deficiência, o aplicativo Direitos Humanos BR passou a oferecer atendimento na Língua Brasileira de Sinais (Libras).

O MMFDH e a Ouvidoria também têm buscado parcerias para enfrentar as violações de direitos humanos durante a pandemia. No dia 28 de abril, o Ministério e o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) selaram um acordo de cooperação que celebrou o encaminhamento de denúncias que estejam relacionadas às atribuições do Ministério Público durante a pandemia da Covid-19.

Ouvidoria

A ONDH é um importante elo de comunicação entre o poder público e a sociedade. Para isso, mantém canais acessíveis e permanentes entre a sociedade e os gestores públicos, assegurando ao cidadão a oportunidade de registrar suas reclamações e denúncias de violações de direitos humanos.

Por meio do Disque 100, do Ligue 180 e do app Direitos Humanos Brasil, a Ouvidoria recebe, examina e encaminha denúncias e reclamações sobre violações de direitos humanos.

O Disque 100 e o Ligue 180 são gratuitos e funcionam 24 horas por dia, recebendo mais de 11 mil ligações diárias. Dessas, aproximadamente mil são denúncias de violações de direitos humanos.

Os canais funcionam como “pronto-socorro” dos direitos humanos, pois atendem também graves situações de violações que acabaram de ocorrer ou que ainda estão em curso, acionando os órgãos competentes e possibilitando o flagrante.

Fonte: Ministério da Mulher, Família e dos Direitos Humanos 

Leia mais

Em Pancas já são 123 casos confirmados de Coronavírus, incluindo dois óbitos

A secretaria municipal de saúde divulgou o boletim diário sobre a quantidade de casos do coronavírus no município de Pancas, Noroeste do Estado. O...

Hospedagem de profissionais de saúde paga pelo governo do Espírito Santo ainda está em análise

Enquanto isso, trabalhadores que estão na linha de frente no combate à pandemia e optam por hotéis no período de descanso têm que arcar...

Leia também

Homem morre após cair de parapente no ES

Um homem morreu depois de cair de um...

Acidente na rodovia que liga Nova Venécia a Vila Pavão deixa feridos

Um grave acidente foi registrado na tarde deste...

Auxílio de R$600: Próximos pagamentos serão automáticos para quem já tem o benefício

Após o anúncio da prorrogação das parcelas do...

Polícia apreende moto clonada também em Barra de São Francisco

No último sábado, 11 de julho de 2020, policiais de Barra de São Francisco avistaram uma motocicleta NXR 160 BROS estacionada de maneira irregular...