Pandemia: MDR reconhece estado de calamidade pública em PE e no Espírito Santo

O Governo Federal reconheceu o estado de calamidade pública nos estados de Pernambuco e Espírito Santo devido aos impactos causados pela pandemia do coronavírus. Com o reconhecimento da situação, o governo abre mais espaço suporte aos estados, liberando recursos e estrutura de apoio, caso necessário. A cada estado, fica permitido parcelar dívidas, flexibilizar o pagamento de gastos e realizar processos sem licitação. 

Projeto prevê hospitais de campanha funcionando até chegada da vacina contra Covid-19

CNS encontra falhas na liquidação de pagamento de despesas relacionadas à pandemia

Em março, o Legislativo reconheceu estado de calamidade pública em todo o território nacional, com validade até 31 de dezembro. Com isso, o governo não é obrigado a cumprir metas fiscais e respeitar o teto de gastos, uma das medidas que limitam os gastos públicos.

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Leia mais

Leia também