Pandemia: 13 das 16 regiões de saúde em SC estão em risco gravíssimo para Covid-19

A Secretaria de Saúde de Santa Catarina e o governo estadual divulgaram novos dados da matriz de risco potencial para a Covid-19 na unidade da Federação. Das 16 regiões de saúde avaliadas, apenas três delas, Extremo-Oeste, Alto Uruguai Catarinense e Foz do Rio Itajaí, não ficaram no risco gravíssimo – todas as outras 13 foram classificadas na cor vermelha, que é o mais alto nível de risco. Essas três regiões foram classificadas na cor laranja, que significa risco grave. 

Em comparativo com a semana passada, a região do Alto Uruguai catarinense foi a única que desceu um nível na avaliação, do gravíssimo para o grave. Já a região de Xanxerê continua na terceira semana no nível mais preocupante de proliferação do vírus, enquanto Laguna está na segunda semana. 

Candidatos com Covid-19 terão nova chance de fazer o Enem 2020

Fiocruz produzirá vacina contra Covid-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford

A Secretaria Estadual de Saúde orienta que os cuidados para diminuir a proliferação do novo coronavírus devem continuar. De acordo com o governo catarinense, a unidade da Federação tem até o momento 337 mil casos confirmados de Covid-19 e 3.561 óbitos. A taxa de ocupação de leitos de UTI da rede pública é de 84,4%. 

Foto: Ricardo Wolffenbuttel/Secom

Leia mais

Leia também