Pais de alunos estão indignados com “indiretas” de professores em redes sociais

Pais de alunos estão se mostrando indignados com alguns comentários de alguns professores e professoras nas redes sociais, sobre a paralisação das aulas devido à pandemia do Coronavírus.

Em Barra de São Francisco, algumas mães estão reunindo prints de comentários para formalizar uma reclamação na Secretaria Municipal de Educação.

Estou indignada com a direção e professores da escola João Bastos, enquanto os pais sofrem em casa sem saber como vai ficar tudo isso tem professora dando indireta e debochando das famílias“, disse uma mãe ao SiteBarra.

Segundo essa mãe, em um desses comentários, uma professora disse que “parece ridículo que algumas pessoas tenham medo do filho perder um mês de aprendizagem”.

Tem família que não tem o que comer, que a única refeição é a que a criança faz na escola. Ou como no meu caso, o filho tem dificuldade em aprendizagem e não tem com quem ficar para os pais ir para roça. Nós pais estamos preocupados sim, mas não dá o direito de professores sair publicando indiretas”, relatou.

Muitas mãe relatam a dificuldade que estão tendo e afirmam que estão preocupadas sim com a aprendizagem dos filhos.

“Essa professora do João Bastos não tem noção das necessidades que estamos passando sem poder trabalhar para trazer alimentos para casa”, finalizou.

Leia mais

Leia também