Pai de Richarlison revela desejo de ver filho com a camisa do Vasco

Compartilhe

A notícia da possibilidade da venda de 70% da Sociedade Anônima do Futebol (SAF-VASCO) para a 777 Partners, promete a injeção de receitas maiores para o Gigante da Colina. Com isso, os torcedores do clube começam a projetar reforços. Um deles é Antônio Carlos Andrade, pai do atacante Richarlison, que quer ver o filho com a camisa cruzmaltina.

Vascaíno declarado, o presidente do Nova Venécia FC, que tem o jogador do Everton-ING e da Seleção Brasileira como embaixador, participou de uma live promovida pela Leão TV e recebeu perguntas sobre o time do coração.

O Vasco disputa a Série B do Campeonato Brasileiro pelo segundo ano seguido e, no momento, não há dinheiro para grandes investimentos. Preocupado com a situação, Antônio Carlos Andrade fala que o time precisa de reforços e sonha em ver Richarlison em São Januário no futuro.

– Quem sabe? Se for para melhorar o Vasco, a gente torce para ele vir um dia. Mas não agora. Ele tem muito o que disfrutar da carreira dele. Deus tem coisas maravilhosas na vida dele. É só agradecer a Deus por estar dando essa capacidade a ele. Que ele continue sendo essa pessoa que ele é. Humildade sempre na vida dele, sem perder essa essência.

Cássio Barros, ex-jogador do Vasco, é o técnico do Nova Venécia — Foto: Instagram
Cássio Barros, ex-jogador do Vasco, é o técnico do Nova Venécia — Foto: Instagram

“Nova Venécia está vindo com tudo. O Vasco que abra o olho.”

Essa foi a frase dita pelo presidente do Nova Venécia sobre um possível embate futuro entre as duas equipes. O curioso é que, mesmo de forma indireta, o Leão do Norte tem contato frequente com o Vasco da Gama. No final de 2017, em um levantamento realizado pelo ge, foi constatado que a cidade de Nova Venécia tem a maior concentração de torcedores vascaínos do Brasil.

O primeiro e único técnico da história do clube veneciano é Cássio Barros, ex-lateral esquerdo formado nas categorias de base do Vasco. O treinador se profissionalizado no clube cruzmaltino, que defendeu por quase 10 anos. Cássio Barros também tem passagem como técnico pelas categorias sub-13, sub-15 e sub-17 do Gigante da Colina.

O Nova Venécia manda os seus jogos no estádio municipal Zenor Pedrosa Rocha, onde em 1985 Romário fez sua estreia pelo Vasco da Gama. Em dois amistosos contra o AA Nova Venécia, o Gigante da Colina venceu por 6 a 0 e 5 a 1.

No primeiro jogo, além do primeiro gol do baixinho, o capixaba Giovani Silva deixou o dele. Atual vice-presidente da Federação de Futebol (FES), o ex-meia-atacante do Vasco já visitou o clube veneciano.

Richarlison com o pai

Leia também

Barra de São Francisco pula da 2.615ª para a 184ª posição no Ranking Nacional da Qualidade da Informação Contábil do STN

O município de Barra de São Francisco saiu da posição 2.615 para a posição 184, em 2021, em...

INDICADORES: Preço do café arábica aumenta nesta quinta-feira (30)

A saca de 60 quilos do café arábica iniciou a quinta-feira (30) com aumento de 2,65% no preço...

Apostas de Aracruz , Barra de São Francisco, Colatina, Nova Venécia e Vila Velha ganham R$ 42 mil na Mega

Ninguém acertou as seis dezenas no concurso 2.497 da Mega Sena, sorteadas no sábado (2) à noite em...

Covid-19: Duas crianças menores de 5 anos morrem por dia, em média, no Brasil

Em 2020, 599 crianças de até 5 anos morreram pela Covid-19. No ano seguinte, período em que a...

Auxílio Brasil de R$ 600 dobra aposta em formato ruim, dizem especialistas

IDIANA TOMAZELLI  BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Além do caráter eleitoral da medida, a ampliação do valor mínimo do...

Governo Federal lança serviço inédito de emissão de alertas de desastres em parceria com WhatsApp e Robbu

O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), lançou, em parceria com o WhatsApp e...

Mulheres que denunciaram Marcius Melhem escrevem carta em apoio a funcionárias da Caixa

MÔNICA BERGAMO SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Mulheres que denunciaram o ex-diretor do departamento de humor da Globo...